Guarapari | Portal 27 - Notícias de Guarapari e região
sexta-feira, julho 3, 2015
Guarapari

Um homem com cinco mandados de prisão foi preso na tarde de hoje em um hotel em Meaípe, Guarapari. Messias Pereira Bahia Filho é considerado, de acordo com a polícia, o segundo no comando do tráfico de drogas em Ilha das Flores, Vila Velha.

Messias Pereira Bahia Junior foi preso em Meaípe. foto: Divulgação
Messias Pereira Bahia Junior foi preso em Meaípe. Foto: Divulgação

A prisão de Messias é um dos desdobramentos de uma apreensão de drogas e armas ocorrida na semana passada em vila Velha. Na ocasião foram apreendidas centenas de munições, uma escopeta e uma pistola .40 com o brasão da Sejus. Além disso foram apreendidos 6 quilos de crack.

Depois desta apreensão os policiais receberam a informação de que Messias seria o dono do material apreendido e ele estaria  hospedado em um Hotel em Meaípe. Policiais do serviço reservado do 4º Batalhão da PM foram até o local e identificaram o suspeito. Com ajuda do Grupo de Apoio Operacional do 10º Batalhão, eles fizeram a abordagem e prisão de Messias.

A cena chamou a atenção de várias pessoas porque junto com Messias estava o filho dele de apenas 5 anos. A criança chorava muito e pedia para a polícia não levar o pai dele. A criança foi entregue aos cuidados do conselho Tutelar da cidade.

Messias tinha cinco mandados de prisão contra ele em aberto, sendo dois por homicídio e três por tráfico de drogas.

material apreendido na semana passada em Vila Velha pela polícia. Fotos; Divulgação
Material apreendido na semana passada em Vila Velha pela polícia. Fotos: Divulgação

Um jovem foi agredido com socos e chutes na manhã de hoje dentro de uma agência da Caixa Econômica Federal no Centro de Guarapari. O agressor é vigilante da agência. De acordo com várias testemunhas, a agressão foi gratuita e sem provocação.

Por volta das 11h40 da manhã de hoje, o jovem Thales Ferreira Prata, 18 anos, estava na fila do banco esperando a senha para ser atendido, quando foi chamado pelo vigilante, que depois de falar alguma coisa com o rapaz, começou a bater nele com socos e chutes.

A agressão aconteceu por volta das 11h40 dentro da agência da Caixa no Centro de Guarapari. foto: João  Thomazelli/Portal 27
A agressão aconteceu por volta das 11h40 dentro da agência da Caixa no Centro de Guarapari. foto: João
Thomazelli/Portal 27

Mesmo depois de o jovem cair no chão, as agressões continuaram. “Eu estava entrando no banco e vi o vigilante dando chutes no rapaz. Ele não reagia, apenas se protegia”, contou Douglas Gonçalves, 22 anos.

“Eu estava na atrás dele na fila quando vi o vigilante chamando o rapaz. Ele se aproximou e depois de trocarem algumas palavras, o vigilante começou a bater nele. Foi muito estranho. Ele está ali para nos proteger e não para agredir as pessoas”, contou a cozinheira Silvana dos Santos Marques.

As agressões só pararam depois que outros vigilantes contiveram o agressor. Thales contou para a reportagem do Portal 27 que só tinha visto o vigilante no banco e que não o conhece de outro lugar.

Thales disse ainda que todos os dias vai ao mesmo banco pagar as contas da empresa onde trabalha e que não faz ideia dos motivos da agressão.

“Eu estava na fila e ele ficou me olhando. Eu olhei para ele e depois de um tempo ele fez sinal me chamando. Quando cheguei perto ele me disse: ‘Se continuar me olhando vou te encher de porrada’. Eu estava com as mãos nos bolsos e falei que estava ali. Então começaram as agressões. Em momento nenhum reagi, pois ele tinha uma arma na cintura”, disse o jovem que ontem completou 18 anos.

O caso foi parar na delegacia de Guarapari. foto: João Thomazelli/Portal 27
O caso foi parar na delegacia de Guarapari. foto: João Thomazelli/Portal 27

A reportagem do Portal 27 chegou a conversar com o vigilante, mas nem ele e nem o advogado da Prossegur (empresa em que o acusado trabalha) quiseram comentar os fatos.

Tentamos também falar com representantes da Caixa Econômica, mas eles não quiseram falar sobre o caso.

O caso foi conduzido como lesão corporal pelo delegado Jefferson Wagner, que estava de plantão na manhã de hoje da delegacia de Guarapari. Depois de serem ouvidos pela autoridade policial, os dois foram liberados. O delegado pediu as imagens de videomonitoramento da agência bancária, que deve ser entregue em 24 horas.

Para quem acha que Guarapari só tem movimento no verão, se enganou. O Multiplace Mais promove no próximo dia 11 de julho uma noite pra lá de especial no inverno. (Que também faz muito frio no litoral. Não somente nas montanhas). Será uma noite para celebrar grandes mestres do rock.

Emmerson Nogueira – 13 anos de estrada, amigos, canções e Rock in Roll – no repertório, os maiores hinos do Rock interpretados pelo cantor. Emmerson Nogueira e sua elegante banda prometem levar o público a momentos de muita emoção e diversão com uma performance impecável pra fazer todo mundo cantar com toda a qualidade de iluminação e áudio, marca registrada de Emmerson Nogueira e sua equipe.

Emmerson Nogueira VIVO RIO 2015 BASTIDORES FOTOS ®Marcos Hermes-4
Além do show deste grande artista, o Mais será palco para a exposição “Moto Rock”, motos de altas cilindradas, juntamente com a AMG “Associação de Motociclistas de Guarapari-ES”

Conhecido por sua inconfundível voz rouca, Emmerson Nogueira proporciona verdadeiros espetáculos em shows memoráveis com um repertório recheado de clássicos internacionais, proporcionando aos ouvintes um tempo de memória e presente, embalado por músicas que são clássicos da vida de todo mundo.

As canções trabalhadas nos discos fazem parte da história da música mundial e continuam sendo muito populares mesmo entre os mais jovens, Money e Wish You Were Here do Pink Floyd , Mrs. Robinson do Paul Simon , Radio Gaga do Queen e Ticket to Ride dos Beatles são alguns dos sucessos escolhidos por Emmerson para encantar o público.

Agora comemora 13 anos de parceria com a gravadora SONY MUSIC. Uma parceria de sucesso que fez nascer um projeto único que até hoje continua na estrada cercado de amigos e de canções que fizeram e ainda fazem a trilha sonora de todos nós amantes do Classic Rock. A turnê EMMERSON NOGUEIRA “13 anos de estrada, amigos e canções” já começou! O show será um passeio por todos os CDs e DVDs desde a primeira Versão Acústica lançado em 2001 até o novo álbum com canções inéditas.

E TEM NOVIDADE NO EVENTO.
EXPOSIÇÃO “MOTO ROCK”, motos de altas cilindradas. A AMG “Associação dos Motociclistas de Guarapari- ES” estará realizando no evento uma exposição de motos de altas cilindradas, de diversas marcas, estilos e modelos. É FÉRIAS! Grande encontro dos universitários em comemorações ao semestre vencido. Vamos comemorar.

Na noite de ontem (1) a prefeitura de Guarapari realizou uma cerimônia para lançar oficialmente o começo das obras do Hospital Maternidade Cidade Saúde. A cerimônia contou com a presença de vários políticos e foi acompanhada por moradores da cidade.

Hospital Cidade Saúde
A estrutura que existe no local será usada pela empresa que vai construir o hospital

A obra, orçada em mais de R$ 19 milhões tem previsão para acabar em dois anos. De acordo com o arquiteto Wladinei Torres Amorim, responsável pela construção, as primeiras obras serão para recuperar parte da estrutura já construída.

IMG_0034 (Medium)
Do Estado, veio prestigiar o evento, o presidente da assembleia Theodorico Ferraço. Foto: João Thomazelli/portal27

“Como a obra está parada há muito tempo as primeiras providências serão para recuperar esta parte, pois  a estrutura está deteriorada em algumas partes. De início serão 80 operários que serão deslocados de outras obras da empresa para começar aqui. Posteriormente, serão contratadas outras pessoas diretamente no canteiro de obras”, disse Wladinei.

O hospital terá mais de 170 leitos, além de UTI, UTI Neonatal, uma ala especial para atendimento a queimados e uma área dedicada ao Parto Humanizado e Saúde da Mulher.

“Quem é o pai da criança?”

A história da construção do Hospital Maternidade Cidade Saúde é antiga. Na época da administração Edson Magalhães, a prefeitura conseguiu desapropriar o terreno e comprou a parte construída do que seria um hospital da iniciativa privada.

Depois o processo se arrastou, com vários políticos das esferas municipal, estadual e federal lutando por verbas para a construção do hospital. Finalmente o dinheiro saiu e agora começam as obras. O presidente da Assembleia Legislativa, Theodorico Ferraço, que é padrinho político de Edson Magalhães, fez um discurso apaziguador sobre quem conseguiu as verbas para a construção do hospital.

“Tem um trabalho muito grande do senador Ricardo Ferraço. Fomos para Brasília com o então prefeito Edson Magalhães e conseguimos os recursos. Mas isso ficou toda a vida e agora, com os esforços do prefeito Orly Gomes conseguiu a liberação”, explicou Ferraço.

Em seu discurso, Orly Gomes, fez o que chamou de um desabafo: “Essa obra não pertence a ninguém a não ser ao povo de Guarapari”

editada
“Eu estou aqui para tirar uma obra do papel. Eu não tenho pretensão nenhuma de ser dono da obra” Disse o prefeito. Foto: João Thomazelli/Portal27

“Tenho um pequeno desabafo que está afetando meu coração e como disse o nosso presidente (Ferraço) existe certa facção dizendo que essa obra pertence a A ou a B ou pertence a C. Essa obra não pertence a ninguém a não ser ao povo de Guarapari. Eu estou aqui para tirar uma obra do papel. Eu não tenho pretensão nenhuma de ser dono da obra. Quero ser simplesmente um servidor do município”, finalizou.

O desabafo de Orly pode ser uma resposta a entrevista do Deputado Edson Magalhães na Rádio SIM AM, ainda na manhã de ontem, ao radialista Sandro Venturini. Na ocasião, o deputado fez criticas ao rotativo e falou do hospital. “Esse hospital nasceu 100% da minha administração”, disse Edson.

A ausência do Governador Paulo Hartung e de qualquer representante do seu governo foi sentida pelos presentes na cerimônia. A algumas semanas, à pedido do governador, a ordem de serviço foi antecipada em um dia para que ele pudesse participar, mas ele, inexplicavelmente  não compareceu. Confira um pequeno vídeo, com os discursos de ontem.

Nesta quinta-feira (2), foram realizadas três sessões na Câmara de Guarapari. Duas extraordinárias e uma ordinária. Na sessão das 13h30, foi votada a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Já às 14h, os vetos do Executivo a projetos de Lei dos vereadores foram à pauta.

LDO . 

A LDO passou por unanimidade. A Lei define como deverá ser montado o orçamento de 2016, que também irá ser encaminhado a Casa, depois de pronto, para aprovação dos parlamentares. Ela determina quais são as prioridades no repasse dos recursos, como deve ser organizado e estruturado o orçamento e outras coisas mais. Ela não específica, porém, valores e porcentagens de distribuição dos recursos.

Vetos

Já na segunda sessão extraordinária do dia, os vetos das quatro leis que estavam na pauta foram mantidos. Duas delas, porém, causaram discussão. A primeira de Oziel (Projeto de Lei 042/2015), que previa a obrigatoriedade da apresentação de Certidões Negativas de Débitos com a Fazenda Pública Municipal para grandes empresas que querem iniciar obras no município.

20150702_141249

“Temos a informação de que existem empresas de grande porte que devem mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos e que foram autorizadas a construir novos empreendimentos. Isso é um absurdo. Enquanto isso, pequenas e médias empresas ficam presas nos processos burocráticos lentos do sistema da Prefeitura”, afirmou o vereador.

Oziel2
“Temos a informação de que existem empresas de grande porte que devem mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos “, diz Oziel.

O outro projeto que causou divisão foi o de Sergio Ramos (Projeto de Lei 049/2015), que obrigava a Secretaria de Saúde a apresentar Certidão Negativa de Débitos à Câmara Municipal regularmente. “Eles fazem compras sem licitação e depois ficam pedindo liberação de crédito especial aqui na Casa. Temos que fiscalizar”, explicou o parlamentar.

Serj�o(1)
Vereador Sergio Ramos

Em ambos os projetos os vetos do Executivo foram mantidos por 8 à 7. Vale lembrar que, neste caso, o voto é secreto. Já os outros dois projetos, que eram de Jorge Figueiredo e previam mudança de nomes de ruas, foram vetados com maior diferença.

O primeiro (Projeto de Lei 054/2015) foi vetado com aval do vereador, pelo placar de 11 à 3, que afirmou ter cometido um erro na redação do projeto e que irá reescrevê-lo. No segundo (Projeto de Lei 055/2015) o resultado que manteve o veto foi de 9 à 5.

Sessão ordinária

Apenas requerimentos foram votados e um projeto do vereador Dito Xareu que institui o Programa Municipal de Equoterapia foi baixado às Comissões.

Pela quinta vez e terceira consecutiva, a Samarco foi eleita a melhor mineradora do País, pelo anuário Melhores e Maiores da Revista Exame. Além do título de melhor, a empresa também se destacou no ranking como a segunda maior do setor, ocupou a 28ª colocação entre as maiores indústrias e a 10ª colocação entre as principais exportadoras do País. A cerimônia de premiação foi realizada em São Paulo na última quarta-feira, dia 1° de julho.

Minério de ferro.
Empresa é tricampeã de seu setor no anuário Melhores e Maiores da Revista Exame, um dos mais respeitados rankings do País, que avalia mais de 3 mil companhias.

Em sua 42ª edição, o ranking, um dos mais tradicionais e respeitados do País, avalia, anualmente, mais de 3 mil empresas brasileiras em critérios como vendas, rentabilidade do patrimônio, riqueza gerada e produtividade, entre outros. Com base nesses dados, a publicação classifica as maiores companhias do Brasil e as melhores em 18 setores da economia.

DSC_6197_baixa
O diretor-presidente da Samarco, Ricardo Vescovi, representou a empresa.

O diretor-presidente da Samarco, Ricardo Vescovi, representou a empresa ao lado de outros empregados da mineradora, durante a solenidade de entrega dos troféus. Na avaliação do executivo, o tricampeonato no anuário Melhores e Maiores se traduz como um reconhecimento a um trabalho bem feito, que tem como base um planejamento criterioso e o envolvimento de diversos públicos e parceiros.

“O ano de 2014 foi marcante para a Samarco. Inauguramos nossa maior expansão, um investimento de R$ 6,4 bilhões, concluído dentro do prazo e orçamento previstos, e que aumentará nossa produção em 37%. Somente em 2014, mesmo em período de ramp-up das novas plantas, alcançamos a produção de 25 milhões de toneladas de pelotas de minério de ferro, um aumento de 15,4% em relação a 2013. A entrega desse projeto e o prêmio de melhor mineradora certamente materializam nossa convicção na importância do planejamento bem feito e da execução precisa. Além de motivo de orgulho para todos nós, que construímos a Samarco diariamente – empregados, clientes, fornecedores, comunidades e demais parceiros -, essa premiação, pelo terceiro ano consecutivo, reconhece a mobilização para resultados, um valor que faz parte do DNA da Samarco e que nos mantém focados na busca da excelência em tudo o que fazemos”, afirma.

Sobre o Melhores e Maiores

O anuário Melhores e Maiores é uma das principais publicações de economia e negócios do País. Editado há mais de 40 anos pela revista Exame, traz um ranking com informações completas sobre as mil maiores empresas instaladas no Brasil, divididas em 18 setores dos ramos da indústria, comércio e serviços e outros 12 segmentos do agronegócio.

DSC_6140_baixa
Em sua 42ª edição, o ranking, um dos mais tradicionais e respeitados do País, avalia, anualmente, mais de 3 mil empresas brasileiras.

A análise e a tabulação dos dados que compõem a edição são realizadas, de forma independente, por uma equipe da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi), da Universidade de São Paulo. A partir dos dados de vendas, a revista aponta as maiores empresas de cada setor. Já as melhores são escolhidas a partir do cruzamento de diversas informações, incluindo crescimento de vendas, liderança de mercado, liquidez corrente, entre outros. Para chegar aos resultados apresentados, a publicação avaliou as informações de 2014 das companhias participantes.

Depois da publicação de uma reportagem no jornal A Tribuna e reproduzida pelo nosso colaborador Vinícius Rangel no Portal 27 sobre a suspensão do contrato do estacionamento rotativo em Guarapari (veja aqui), a empresa Vista Group Network nos enviou um comunicado dizendo que todas as dúvidas do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) serão esclarecidas nos próximos dias.

Agentes  estão orientando os motoristas sobre o funcionamento do rotativo na cidade. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Confira na íntegra o comunicado da empresa:

“A Vista Group Network – VGN, empresa que atua há 12 anos no mercado de tecnologia, com matriz estabelecida em Nova Friburgo, há 7 anos presta serviços de tecnologia voltados à Segurança Pública como videomonitoramento, telefonia, internet, e mobilidade urbana entre outros módulos, para o Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, executados pela UERJ, apresentará nos próximos dias ao Tribunal de Contas do ES documentos que confirmam a idoneidade da empresa, e a lisura do certame licitatório.”

Nos dias de hoje uma mensagem chega ao seu destinatário em poucos segundos. Seja através de aplicativos para celulares,  por ligações telefônicas ou por dezenas de outros meios de comunicação instantânea.

Mas até pouco tempo atrás, o mais rápido meio de comunicação era o pombo-correio, que até a primeira metade do século 20 foi muito usado para comunicações nos campos de batalha da Segunda Guerra Mundial.

Historicamente não é possível precisar quando o pombo começou a ser usado como ferramenta de comunicação. Sabe-se, por exemplo, que as Cidades-estados gregas usavam a ave para transmitir os resultados dos jogos olímpicos. O ditador romano Júlio César menciona em seus escritos o uso do pombo correio para se comunicar com Roma durante a sua guerra contra os gauleses.

Pombos ornamentais podem ser vendidos por até R$ 600 o casal. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Pombos ornamentais podem ser vendidos por até R$ 600 o casal. Foto: João Thomazelli/Portal 27

O animal possui uma incrível capacidade de retornar ao seu ninho, ou ao local onde nasceu e deu o primeiro voo. Nos dias de hoje a Columbofilia, ou a arte de criar pombos correios, virou um lazer e é praticada em todos os Estados do Brasil.

Em Guarapari, o comerciante Devanir Barbosa, 47 anos, é um entusiasta da columbofilia. Em seu pombal existem cerca de 400 pombos correios criados para participarem de competições. Ele ainda tem outras 100 aves ornamentais.

“Nós estamos participando do campeonato estadual. Na primeira etapa, os pombos foram soltos em São Mateus para retornarem para Serra. Nas próximas etapas, eles vão percorrer 220 km, 270 km e 420 km, fazendo o trajeto de Eunápolis na Bahia até a Serra, no Espírito Santo”, explica o columbófilo.

Despesas com os pombos

As despesas para manter o Pombal “Voltei Para Te Ver”, do columbófilo Devanir Barbosa são pagas pela própria comercialização de filhotes. Um casal de pombos correios pode variar de R$ 200 a R$ 600.

Mas para manter este número de animais bem alimentados e saudáveis, Devanir chega a gastar cerca de R$ 1200 por mês. O pombal é limpo a cada oito dias e as aves de competição chegam a consumir oito tipos de sementes diferentes e até uma mistura com três tipos de areia. “A areia é como uma sobremesa para eles”, diz Devanir.

Devanir com um dos pombos que cria. Paixão pelas aves. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Devanir com um dos pombos que cria. Paixão pelas aves. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Quando perguntado sobre porque ele cria pombos correios, já que dão tanto trabalho, ele responde de forma simples: “Eu sinto prazer quando eles voltam para casa. Ver eles chegando depois de voarem centenas de quilômetros é muito bom. Eles recebem um tratamento especial depois que chegam. São limpos e bem alimentados”, finaliza.

O Tribunal de Conta do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) determinou em sessão na tarde de ontem, a suspensão do contrato da Prefeitura de Guarapari com a empresa Vista Group Network, ganhadora da licitação para a exploração do serviço de estacionamento rotativo em Guarapari. O executivo municipal tem até segunda-feira para publicar a decisão no diário oficial.

No início de Abril deste ano, a TI Mob entrou com um pedido de análise da Concorrência Pública 13/2014 e questionando sobre estacionamento rotativo, no Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES). Foi solicitada ainda pela empresa mineira, a suspensão do edital aberto pela Prefeitura da cidade.

Segundo a área técnica do órgão, os documentos apresentados pela empresa Vista Group Network para comprovação de capacidade técnica fazem referência a projeto para implantação de rede de monitoramento urbano por câmeras.
Segundo a área técnica do órgão, os documentos apresentados pela empresa Vista Group Network para comprovação de capacidade técnica fazem referência a projeto para implantação de rede de monitoramento urbano por câmeras.

O relator do processo, o conselheiro José Antônio Pimentel, acompanhou o entendimento do Núcleo de Cautelares da Corte, visando a possível apresentação de documentos que não comprovavam a aptidão pela empresa vencedora do certame.

Segundo a área técnica do órgão, os documentos apresentados pela empresa Vista Group Network para comprovação de capacidade técnica fazem referência a projeto para implantação de rede de monitoramento urbano por câmeras, com o propósito de reduzir índices de criminalidade e infrações de trânsito, no município de Nova Friburgo.

A empresa vencedora será notificada para que apresente, em até dez dias, justificativas sobre o tema. Já a prefeitura, no prazo de cinco dias, deverá dar publicidade sobre a suspensão do contrato, informando no diário oficial ou em um grande jornal de circulação estadual.

A empresa Vista Group Network, que ganhou a licitação para implantar o sistema de estacionamento rotativo no município, preferiu não sem pronunciar sobre a decisão do Tribunal de Contas.
A empresa Vista Group Network, que ganhou a licitação para implantar o sistema de estacionamento rotativo no município, preferiu não sem pronunciar sobre a decisão do Tribunal de Contas.

Um dos empresários sócios da empresa Ti Mobi, Júlio Filgueiras, 28 anos, disse que o jurídico da empresa entrou com a ação no Ministério Público do Espírito Santo (MPES) e no TCE para que houvesse uma revisão dos documentos da licitação, porque a empresário tinha diversos questionamentos sobre o edital da Prefeitura de Guarapari, que não foram respondidos durante todo o processo.

“Até hoje nós temos diversas dúvidas sobre o edital que foi publicado pela Prefeitura de Guarapari, que não tivemos respostas. Confiamos no MPES e no TCE e que eles irão fazer um trabalho excelente, trazendo respostas. Sabemos que situação do trânsito de Guarapari é muito complicado” disse Júlio.

Prefeitura vai acatar pedido do TCE

A PMG disse que são infundadas as alegações da segunda colocada na licitação, a TI Mobi
A PMG disse que são infundadas as alegações da segunda colocada na licitação, a TI Mobi

A Prefeitura de Guarapari informou por meio de nota que tomou ciência da decisão do Tribunal de Contas do Estado no final da tarde de ontem e que vai acatar o pedido do órgão. O município irá suspender o contrato até que decisão do TCE-ES saia.

O executivo acredita que é um procedimento normal do Tribunal e que o Município vai respeitar. Disseram ainda que estão tranquilos quanto ao resultado da apuração, acreditando que vão comprovar a lisura do certame licitatório. A PMG disse que são infundadas as alegações da segunda colocada na licitação, a TI Mobi.

A empresa Vista Group Network, que ganhou a licitação para implantar o sistema de estacionamento rotativo no município, preferiu não se pronunciar sobre a decisão do Tribunal de Contas. Disseram apenas que vão respeitar a liminar da justiça.

O programa Portal 27 Em Evidência esteve cobrindo a XXIII Conferência Distrital do Rotary do Espírito Santo. O evento, que teve como tema – Brilhar é Nosso Compromisso, aconteceu nos dias 19, 20 e 21 de junho no Sesc de Guarapari.

Rotary
O evento serviu também de despedida do Governador do Distrito do ES, Lino Krohling.

A Conferência é um encontro de confraternização, de estudos e de apresentação, de palestras, de teses e de propostas de elevado nível rotário a serem encaminhadas para consideração administrativa do RI (Conselho de Legislação, que se reúne a cada três anos), muitas das quais são aprovadas e transformadas em normas de Rotary.

O evento serviu também de despedida do Governador do Distrito do ES, Lino Krohling, que deixa um trabalho bem realizado à frente da entidade. Acompanhe a cobertura feita pelo programa Em Evidência.

Redes Sociais

Últimas notícias

0 13
Um homem com cinco mandados de prisão foi preso na tarde de hoje em um hotel em Meaípe, Guarapari. Messias Pereira Bahia Filho é...

  • Função: Vendedor
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Confidencial
Candidatar

  • Função: Vendedor
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$1000
  • Empresa: Confidencial
Candidatar

  • Função: Vendedor
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$1000
  • Empresa: Confidencial
Candidatar

  • Função: Auxiliar de Doceiro
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$850
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Cortador de Tecidos
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$1200
  • Empresa: L.C. Dos Santos Me
Candidatar

  • Função: Cortador de Tecidos
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$1200
  • Empresa: L.C. Santos Me
Candidatar

  • Função: Vendedor Externo
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$1200
  • Empresa: Confidencial
Candidatar

  • Função: Instrutor de Ensino Profissionalizante
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Professor de Literatura Inglesa
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Microlins
Candidatar

  • Função: Costureira
  • Cidade: Guarapari
  • Salário: R$850
  • Empresa: Só Uniforme
Candidatar

Powered by SINE

Sem título-1

×