A presidente da Câmara de Anchieta, Terezinha Vizzoni, endereçou seus quatro requerimentos da última sessão (18) ao secretário de Infraestrutura, Wilson Xavier. Ela solicitou a troca do poste nº AO 118, localizado na Praia dos Namorados, em Iriri.

A parlamentar também pediu a implantação de um ponto de ônibus na entrada de Alto Pongal. “O objetivo é trazer maior segurança e tranquilidade no embarque e desembarque dos passageiros que passam pelo local, assim como, durante a espera pelo transporte”, explica.

A presidente ainda requereu o patrolamento na rua da lagoa em Iriri, pois o local está apresentando muitos buracos, dificultando o tráfego dos veículos que precisam passar pela estrada. Por fim, ela sugeriu ao secretário, a reforma da quadra de Iriri.

“A reforma trará benefícios para a população, visto que as crianças terão um espaço de lazer, para que possam jogar, fazer exercícios físicos e conviver em comunidade com tranquilidade”, disse.

Tereza

Válber requereu a secretária de Educação, Brunella Marques Couto, que sejam adotadas as medidas cabíveis para que seja feita a readequação no itinerário do transporte coletivo universitário com destino a faculdade Pitágoras Guarapari. O objetivo é poder atender os alunos de Praia de Castelhanos, para assegurar a entrada do ônibus na comunidade.

“A solicitação se deve ao fato dos estudantes precisarem se deslocar até o trevo dos Castelhanos para embarcar. Os mesmo já entraram com processo junto a Administração no ano passado e não foram atendidos, pois de acordo com o setor responsável atrasaria o cronograma da rota”, conta.

Ele ainda pediu ao prefeito, Marcus Assad, que olhe pelos alunos da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental de Parati. Ele explicou que os alunos tem dificuldade para se deslocar até a quadra do bairro que fica distante da instituição.

“Com o crescente número de alunos matriculados, peço que tome as medidas cabíveis para a construção de um novo prédio, próximo a quadra poliesportiva, solucionando o problema da demanda educacional da comunidade”, explicou.

Merinha fez duas indicações ao secretário de Infraestrutura, Wilson Xavier. Ela sugeriu a instalação de quebra-molas na comunidade de Nova Jerusalém. Os moradores indicaram alguns locais do bairro para a colocação dos redutores.

“Peço que seja feito um estudo para identificar a necessidade da instalação dos quebra molas. Ainda aproveito a oportunidade para solicitar a manutenção das tampas de bueiros do bairro”, disse.

A parlamentar ainda indicou diversas melhorias no Campo de Futebol do Bairro Nova Jerusalém como: a construção de um poço artesiano para o sistema de irrigação do gramado – substituindo o uso do carro pipa, o aumento da carga elétrica para ligação trifásica e a disponibilização de serviço de guarda patrimonial no local.

“O campo foi inaugurado recentemente e o uso do espaço pela comunidade está limitado, por isso, faço esses pedidos”, conta.

Na mesma sessão, a vereadora ainda enviou dois requerimentos ao Prefeito. Merinha solicitou a pavimentação da Rua Professor Adil Lyrio Marchesi, em Nova Esperança, em frente as obras das casas populares. Ela ainda pediu a instalação – pela segunda vez – de câmeras na escadaria que dá acesso a Igreja Católica (Matriz).

Jocelém enviou dois requerimentos ao secretário de Infraestrutura, Wilson Xavier. O primeiro pedia a instalação de quebra-molas nos padrões exigidos pela Lei, na Rua Adriano Libardi, em Alto Pongal.

“O pedido é para que os veículos que trafegam no local em alta velocidade sejam obrigados a reduzir. O local exato para a instalação é em frente a casa do Sr. Otavio Libardi”, explica. Ele ainda solicitou o escoamento de água empossada na Rua Evilasio Almeida no Centro da cidade, ao lado da pousada Sergipana.

Zeco Rovetta cobrou de Wilson Xavier a implantação de uma rampa de acessibilidade próximo a ponte de Anchieta, devido à dificuldade de locomoção dos cadeirantes.

Vereadores cobram Executivo a prestar conta de medidas.
Vereadores cobram Executivo a prestar conta de medidas.

Robinho pediu ao secretário e Meio Ambiente, Marcelo Dalbom, que apure a razão das mortes de garças e caranguejos que ocorreram no manguezal da cidade. Ele solicitou ainda que após a conclusão a Secretaria preste conta a Casa para esclarecer o ocorrido.

Ele indicou ainda ao Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (MEPES) a instituição de um programa de aproveitamento de recursos humanos. “A entidade presta grande utilidade pública ao município, além de possuir convênios e subvenções com a municipalidade, por isso, peço a criação de um programa de recrutamento interno”, disse.

Dilermando requereu ao secretário de Infraestrutura, Wilson Xavier, a troca do poste de energia atrás da Torre da Sim FM, em frente à casa do Pastor Vanderli. Ele também pediu o serviço de patrolamento da Rua da lagoa de Iriri.

“O poste está em péssimo estado. A deterioração coloca em risco a segurança e a vida das pessoas que residem e transitam no local. Já em relação a rua da lagoa, está com muito buracos e os moradores reivindicam uma providência imediata”. concluiu.

Com informações da CMA

Deixe seu comentário