Um coronel da reserva e outros três oficiais da Polícia Militar do Espírito Santo foram condenados pela Justiça por participação na Máfia dos Guinchos na Grande Vitória. Entre os oficiais condenados está o comandante do 10º Batalhão (Guarapari), o tenente coronel Altiere Machado.

DSC_0172
o tenente coronel Altiere Machado assumiu o comando do batalhão de Guarapari no último dia 10 de abril. Foto: João Thomazelli/Portal 27

A decisão partiu do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Municipal, Registros Públicos, Meio Ambiente e Saúde de Vitória, Jorge Henrique Valle dos Santos. De acordo com a decisão judicial, o comandante foi condenado a perder as funções na Polícia Militar e a pagar multa de R$ 50 mil.

Segundo o Ministério Público Estadual (MPES), autor da ação, o esquema envolvia empresas de guincho e depósito de veículos, sendo que os empresários repassavam à associação formada por policiais militares uma determinada quantia em razão de cada veículo apreendido e conduzido ao pátio. De acordo com o MPES, havia ordens no sentido de que deveria ser apreendido o maior número possível de veículos.

O comandante do 10º Batalhão informou, através do setor de comunicação, que por enquanto não vai se manifestar sobre a decisão judicial e que vai recorrer da sentença. Altiere assumiu o comando do batalhão de Guarapari no último dia 10 de abril deste ano. Antes disso, teve passagens pelo Batalhão de Trânsito e foi um dos criadores da Patrulha da Comunidade.

Deixe seu comentário

Comments are closed.