A Convenção Municipal do Partido dos Trabalhadores de Guarapari aconteceu na noite desta segunda-feira (14), às 19h30, na sede da Associação Atlética Aliança, no bairro Aeroporto e também de forma virtual pelo aplicativo Google Meet. O evento contou com a participação de filiados que acompanharam de forma virtual e reafirmou as pré-candidaturas de 12 pré-candidatos a vereador e os nomes de Bárbara Hora e Dr. Lóren como pré-candidatos a prefeita e vice-prefeito, respectivamente.

O evento contou com a participação de filiados que acompanharam de forma virtual e reafirmou as pré-candidaturas de 12 pré-candidatos a vereador e os nomes de Bárbara Hora e Dr. Lóren como pré-candidatos a prefeita e vice-prefeito, respectivamente.

Segundo a petista, diferente dos outros pré-candidatos, o PT irá entrar na disputa com a chamada “chapa pura”, sendo a que não conta com coligações partidárias.

“A convenção foi um momento muito importante, ela reafirma o compromisso do Partido dos Trabalhadores com a cidade de Guarapari e com sua população. Tratamos de questões relevantes para que possamos representar uma classe que é excluída em Guarapari, que é a dos trabalhadores. Pretendemos fazer uma gestão melhor, que possa respeitar a todos e que atenda a todos os moradores, sem distinção de raça e classe social”, comentou a pré-candidata petista.

Segundo a petista, diferente dos outros pré-candidatos, o PT irá entrar na disputa com a chamada “chapa limpa”, sendo a que não conta com coligações partidárias.

Bárbara retomou com o discurso voltado para inclusão, afirmando que irá tratar de políticas também para as minorias, combatendo o racismo, homofobia e apoiando as juventudes, porém não deixou de lado a questão dos empregos, afirmando que irá trabalhar para trazer empresas à cidade.

“Nós queremos trazer empresas sustentáveis e com respeito às leis ambientais, elas são necessárias para gerar emprego e renda à cidade. Pensamos em atraí-las com isenção fiscal assim que eu assumir a prefeitura”, relata Bárbara.

“Nós queremos trazer empresas sustentáveis e com respeito às leis ambientais, elas são necessárias para gerar emprego e renda à cidade. Pensamos em atraí-las com isenção fiscal assim que eu assumir a prefeitura”, relata Bárbara.

Por fim, a pré-candidata também comentou sobre possíveis obras e projetos que irá realizar caso seja escolhida como prefeita do município, além de comentar a questão do hospital. “Pretendemos instalar pontos de ônibus que funcionem corretamente, nos horários e com abrigo para chuva e sol, postos de saúde sem falta de medicamentos e que funcionem sem que o paciente precise passar por horas de espera, também esperamos concluir o hospital e torna-lo 100% público, dessa forma o Fundo Municipal de Saúde, que é mantido pelo governo federal, aumenta, e sendo público ele atenderá a todos sem exclusão por classe social”, finalizou a petista.

Por João Pedro Barbosa, estagiário.

Deixe seu comentário