A criança de três anos que foi encontrada coberta de sangue no duplo homicídio em Village do Sol, em Guarapari, na manhã de hoje (22) está sendo assistida pelo Conselho Tutelar de Guarapari. Ela era filha biológica de Allini Ribeiro da Cunha, 22 anos, e enteada de Jean Carlos de Jesus, 19.

A mãe e o padrasto da criança foram mortos e ela passou a noite entre os corpos.

De acordo com as pessoas que tiveram contato com a criança assim que ela foi encontrada, a menina estava tremendo muito e não falava nada. “Ela era de falar muito, sempre brincando, mas depois do que ela passou, ela ficou muda, não deu uma palavra, um gemido”, contou uma moradora do bairro que teve contato com a criança.

O Conselho Tutelar, através da Secretaria de Comunicação informou o seguinte sobre a criança:

“O Conselho Tutelar Municipal informa que já está em contato com a criança, e ela está sob os cuidados de familiares. O avô materno está vindo de Minas Gerais e vai assumir a responsabilidade pela criança, junto ao Conselho Tutelar.

Deixe seu comentário

Comments are closed.