Com uma narrativa envolvente, a autora paulista Andrea Marques lança o primeiro livro da trilogia, Amor de Cordel. Conversando com o leitor sobre temas polêmicos, como o amor entre um jovem homem e uma mulher mais velha, a impossibilidade de ter filhos e a traição, a leitura é um romance que se apresenta cheio de impossibilidades e reviravoltas.

LC_strip_54080_0_web
O livro Amor de Cordel, da autora paulista Andrea Marques, narra a história de uma terapeuta que passa pela separação do casamento de longa data, e recomeça a vida apaixonando-se por um paciente.

O enredo roda em torno de Carolina, uma terapeuta ocupacional que acaba de passar por uma separação abrupta do casamento de mais de 14 anos. Separada, ela precisa recomeçar a vida, mesmo já sendo independente financeiramente. Com 38 anos, tímida e sem muitos amigos, as chances de encontrar um novo amor são pequenas.

“As palavras dele ficaram se repetindo na minha mente e mesmo assim eu não conseguia entender o que ele estava dizendo. Depois de catorze anos juntos ele estava falando que não me amava mais? Que estava apaixonado por outra mulher? Não consegui dizer nada, estava atônita.”

Entretanto, o jovem arquiteto Alexandre entra na vida da terapeuta e a vira de cabeça para baixo. Jovem, bonito e muito comunicativo, Alexandre é o total oposto de Carolina. Apesar de tudo, ela se apaixona perdidamente por ele, trazendo à tona sentimentos conflituosos sobre valores, como mulher e como terapeuta.

“Mordi os lábios quando terminei a frase, e sem querer admitir para mim mesma, pedi secretamente aos céus que Alexandre realmente fosse apenas mais um paciente para mim.”

Agora, com um novo amor, resta a ela enfrentar as dificuldades que a vida lhe impor no caminho. Permeado por traições e intrigas, Amor de Cordel é um romance contemporâneo que desperta a paixão até mesmo nas leitoras mais modernas e independentes.Com uma narrativa envolvente, a autora paulista Andrea Marques lança o primeiro livro da trilogia, Amor de Cordel. Conversando com o leitor sobre temas polêmicos, como o amor entre um jovem homem e uma mulher mais velha, a impossibilidade de ter filhos e a traição, a leitura é um romance que se apresenta cheio de impossibilidades e reviravoltas.

abuso-sexual-1
Casos de violência sexual contra mulheres têm sido cada vez mais comuns no Brasil. Exemplo disso foi o estupro coletivo contra uma adolescente no Rio de Janeiro, que teve sua imagem exposta nas redes sociais pelos autores do crime.

O enredo roda em torno de Carolina, uma terapeuta ocupacional que acaba de passar por uma separação abrupta do casamento de mais de 14 anos. Separada, ela precisa recomeçar a vida, mesmo já sendo independente financeiramente. Com 38 anos, tímida e sem muitos amigos, as chances de encontrar um novo amor são pequenas.

“As palavras dele ficaram se repetindo na minha mente e mesmo assim eu não conseguia entender o que ele estava dizendo. Depois de catorze anos juntos ele estava falando que não me amava mais? Que estava apaixonado por outra mulher? Não consegui dizer nada, estava atônita.”

Entretanto, o jovem arquiteto Alexandre entra na vida da terapeuta e a vira de cabeça para baixo. Jovem, bonito e muito comunicativo, Alexandre é o total oposto de Carolina. Apesar de tudo, ela se apaixona perdidamente por ele, trazendo à tona sentimentos conflituosos sobre valores, como mulher e como terapeuta.

“Mordi os lábios quando terminei a frase, e sem querer admitir para mim mesma, pedi secretamente aos céus que Alexandre realmente fosse apenas mais um paciente para mim.”

Agora, com um novo amor, resta a ela enfrentar as dificuldades que a vida lhe impor no caminho. Permeado por traições e intrigas, Amor de Cordel é um romance contemporâneo que desperta a paixão até mesmo nas leitoras mais modernas e independentes.