Durante a ordem de serviço para a construção do Shopping Rural, ou seja, a nova feira dos produtores rurais de Guarapari no último sábado (8), o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães (PSDB), mandou um suposto recado para os seus adversários.

Edson Magalhães (PSDB), mandou um suposto recado para os seus adversários.

“Não adianta alguém querer ficar aí andando pelos corredores dos tribunais querendo atrapalhar a vida do prefeito. Dispute no voto! É no voto”, disse ele citando as prévias dos americanos como exemplo de democracia.

A critica seria contra supostas ações contra ele nos bastidores políticos. Ainda segundo Edson. “Não podemos nos submeter a essa doutrina arcaica, essa doutrina ultrapassada que não condiz com a realidade do nosso país mais”, disse o prefeito citando ainda o socialismo como sistema ruim.

Batalha. A fala de Edson pode ser fruto da ação que ele fez, recorrendo à justiça, onde conseguiu uma Liminar contra o Tribunal de Contas do Estado (TCES), para suspender um parecer prévio do Tribunal (130/2018), que recomendou a rejeição das contas de quando Edson era prefeito em 2012.

O Tribunal de Contas (TCES) recorreu a justiça para derrubar essa Liminar. O assunto está sendo analisado pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJES). Se a liminar for derrubada, Edson pode cair na “rejeição” do Tribunal de Contas e com isso ficar com a Ficha Suja e sem poder disputar eleições ou assumir cargos públicos.

Deixe seu comentário