Na noite de ontem (10), uma ação conjunta entre as Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Sejus, resultou na prisão de dois criminosos envolvidos na prática de crimes de roubo na Grande Vitória e na Região Serrana do Estado.

Investigação. A prisão foi possível após uma investigação de três dias, comandada pelo delegado Geraldo Peçanha, da Polícia Civil de Domingos Martins, que recebeu a informação de que uma quadrilha planejava praticar roubos na Região Serrana. “Ficamos três dias inteiros acompanhando essa quadrilha. Fizemos uma operação em conjunto e bem sucedida para prender esses bandidos”, destacou o delegado.

Ação conjunta. Participaram da operação a Delegacia de Polícia Civil de Domingos Martins, com o apoio das Delegacias de Polícia de Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante, Guarapari, divisão Antissequestro, Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc), PRF, Policia Militar, e Sejus. Cerca de 50 policiais ao todo estiveram envolvidos na operação.

PRF. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, uma equipe estava fazendo patrulhamento e se deparou com três homens em um carro com características semelhantes aos que vinham fazendo assaltos na região. Os agentes acompanharam o carro e fizeram um cerco que obrigou os suspeitos a pararem o veículo.

Fonte: Polícia Civil

Saidinha. Os dois detidos cumpriam pena e estavam aproveitando o benefício da saidinha temporária para o dia das crianças. O homem de 37 anos cumpria pena de 28 anos por roubo e o outro, de 28 anos, também cumpria pena.

Prisão. A dupla foi presa com uma arma de fogo calibre 38, 5 munições e objetos de roubos praticados por eles na Grande Vitória na data de ontem. O motorista do veículo de aplicativo em que a dupla estava também foi detido por posse de maconha. Entretanto, o delegado afirmou que ele não tinha passagem pela polícia e foi liberado, já que não foi comprovada a ligação dele com os bandidos.

Especializados em roubos de veículos e residências. Segundo informações da polícia, a dupla faz parte de um bando de criminosos especializados na prática de roubos de veículos e residências, que agem tanto na Grande Vitória, quando na Região Serrana. A maioria dos criminosos são egressos do sistema prisional, onde cumprem ou cumpriram pena.

Outros crimes. Segundo informações da Polícia, é provável que os bandidos tenham praticado vários outros crimes nesses dois dias fora do presídio. No entanto, o planejamento deles na data de ontem na região serrana foi frustrado pela intervenção das forças policiais, que prontamente agiram, realizando as prisões.

A Polícia Civil acredita ainda que mais pessoas estejam envolvidas nos roubos e continua trabalhando para identificar os outros integrantes, realizar as prisões e identificar pessoas que possam ter sido vítimas da ação dos bandidos.

Os suspeitos foram presos em flagrante pela equipe da Delegacia de Polícia Civil de Domingos Martins, e encaminhados ao Centro de Triagem, onde passariam pela audiência de custódia na data de hoje (11).

Ainda de acordo com informações da Polícia, outras ações como estas serão desenvolvidas no sentido de coibir a prática de crimes contra o patrimônio. “O mesmo grupo é investigado por roubos em Alfredo Chaves, Guarapari, Marechal e Domingos Martins. Roubaram propriedades em Todos os Santos Guarapari no início do ano”, afirmou uma fonte.

O Delegado Geraldo Peçanha lamentou a legislação brasileira, que permite a saída de condenados. “A meu ver, a legislação brasileira deveria ser revista, pois ao permitir a saída de um preso condenado a 28 anos de prisão por crimes de roubo, após cumprir apenas sete anos da pena, a legislação acaba servindo como salvo-conduto para a prática de crimes, como esses praticados por esses detidos”, destacou.