Há três anos aposentada Necy Maciel Cardoso, de 75 anos, está lutando contra o câncer e para ajudar no tratamento contra a doença familiares estão realizando uma Ação entre Amigos. 

O sorteio acontece dia 09 de setembro e o valor da Ação entre Amigos é R$5,00.

A sobrinha de dona Necy, Adriana Lust, de 39 anos, relatou que sua tia descobriu um câncer no útero quando ainda morava na Bahia e veio para o Espírito Santo, em dezembro, em busca de melhores condições de tratamento. A idosa está sendo tratada no Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Vitória, e o valor arrecadado vai ajudar com os custos do transporte para a capital. “Estamos fazendo uma Ação entre Amigos de três eletrodomésticos para arrecadar dinheiro para ajudar nas viagens porque cada ida a Vitória são R$ 80, 00 que a gente gasta de combustível e pedágio. Tem mês que vamos de quatro a cinco vezes na semana para Vitória com ela”.

O sorteio acontece dia 09 de setembro e o valor da Ação entre Amigos é R$5,00. Para adquirir o bilhete e ajudar a família basta entrar em contato através dos telefones 99774-7621 Adriana /99968-4954 Domingos/ 99829-7193 Isa e 99972-3926 Lita.

Segundo Adriana, o câncer já se espalhou para a bexiga e para o reto e dona Necy não anda mais. Por isso, além da Ação entre Amigos, ela também precisa de doações. “Agora como o câncer já invadiu a bexiga ela está fazendo uso de fraldas descartáveis, morfina e não anda mais. Fiz um post no Facebook e consegui a doação de uma cadeira de banho, um colchão casca de ovo e um andador porque ela consegue ficar em pé segurando o andador. Mas ainda estamos precisando de uma cadeira de rodas e das fraldas Extra G”.

Dona Necy descobriu o câncer no útero em 2014 e desde então vem lutando contra a doença, que já se espalhou para a bexiga e para o reto.

Adriana contou que apesar de dona Necy ser aposentada, o dinheiro não dá para cobrir os custos do tratamento. “Quando ela estava na Bahia e descobriu o câncer, ela pegou um empréstimo para ir para Itabuna para fazer o tratamento. Então hoje ela recebe de benefício R$ 485 ,00 e a gente compra toda a medicação”.

Ela disse ainda que a idosa só recebe do SUS um dos medicamentos que precisa. “A única medicação que conseguimos pelo SUS foi o Enoxaparina, que ela toma para trombose e custa R$ 1.500,00 por mês. Essa eu consegui pelo Estado e pego na Farmácia Cidadã. Mas, a morfina eu compro porque ainda não consegui. O processo pelo Estado demora. Já tem mais de 20 dias que dei entrada e não liberaram ainda os remédios dela. Ela toma Ondansetrona, que é um remédio para ela não vomitar, e custa R$ 60,00 dez comprimidos. Ela toma de seis em seis horas. Então a medicação dela é cara e compramos tudo”, disse Adriana.

O Portal 27 procurou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) para saber porque a idosa não recebe os outros medicamentos que precisa e se existe previsão de quando ela vai passar a receber e recebeu a seguinte resposta: “A Gerência de Assistência Farmacêutica informa que o processo da paciente foi autorizado desde julho. Basta a paciente comparecer na Farmácia Cidadã de Vila Velha, onde deu entrada, com exame de sangue atualizado em mãos para retirar o medicamento Enoxaparina. Vale ressaltar que a comunicação sobre a autorização do processo é feita via SMS, portanto, é fundamental que os pacientes mantenham os contatos atualizados. Sobre o Ondansetrona, a orientação é solicitar no próprio Hospital onde realiza o tratamento, pois ele não é padronizado, ou seja, não faz parte da lista de medicamentos ofertados pelo SUS”.

Deixe seu comentário