A Associação de Moradores do bairro Santa Mônica entrou com uma ação pública na vara da fazenda por volta das 17h de hoje (09) pedindo a anulação do decreto que impede o embarque e desembarque dos passageiros do transporte intermunicipal nos pontos da cidade.

reunião rodoviária
O grupo busca estruturar conselhos que vão organizar os movimentos e traçar estratégias para os próximos dias. Foto: João Thomazelli.

Na noite desta terça-feira, representantes de várias entidades, sindicatos, moradores e os usuários do transporte intermunicipal estão reunidos na escola Angélica Paixão onde discutem e buscam estruturar conselhos que vão organizar os movimentos e traçar estratégias para os próximos dias.

Uma das estratégias é a de possíveis manifestações ao longo da semana e outras ações na Justiça para derrubar o decreto. A ação que foi protocolada tem 21 páginas. As reclamações giram em torno da mudança feita após o decreto que determina que os ônibus façam o embarque e o desembarque exclusivamente na rodoviária.

Para os usuários do transporte é inadmissível que os ônibus passem pelos pontos da área urbana e não possam parar para o passageiro. Além dos moradores de Guarapari, quem mora em Anchieta também está insatisfeito com a mudança, já que muitos trabalham ou estudam na cidade e fica inviável ir até à rodoviária para embarcar no coletivo municipal e voltar para o destino.

Com informações de João Thomazelli.

Deixe seu comentário

Comments are closed.