O ano letivo está se aproximando e muitas crianças não tem material escolar para voltar a estudar. Por isso, a ONG Associação Crescer Com Viver criou o projeto Mochila Solidária, que vai receber doações até o dia 10 de fevereiro.

A voluntária e sócia fundadora da ONG, Otília Brandão Piumbini explicou que a campanha recebe todo tipo de material escolar que pode ser novo ou usado em bom estado para que possa ser reaproveitado.  

As doações podem ser feitas até o dia 10 de fevereiro e vão beneficiar cerca de 200 crianças matriculadas na ONG. Foto: Divulgação

As doações serão entregues para as cerca de 200 crianças matriculadas na associação para que elas possam usar nas escolas onde estudam. Segundo Otília, em uma semana a campanha recebeu apenas quatro borrachas, três cadernos, um vidro de cola e lápis de cor usado. “Tudo será dividido igualmente entre elas. Mas se arrecadarmos muito pouco, vamos dar preferência para as mais necessitadas”.

Ela ressaltou que a falta de material é um dos fatores que causam a evasão escolar. “Tem crianças que estudam em escolas fora do bairro em que os outros estudantes têm mais condições e elas se sentem um pouco de lado por falta desse material. Já fizemos uma campanha dessas há dois anos e a gratidão que as crianças ficam ao saber que vão poder levar dois lápis ao invés de nenhum é enorme. Então é importante ajudar porque é uma campanha voltada para a educação e para a autoestima das crianças”.

O material escolar pode ser doado na sede da ONG, localizada rua Lorraine Santiago Vieira, no bairro Adalberto Simão Nader, ou ainda nas caixas de arrecadação disponíveis no Supermercado Santo Antônio, em Muquiçaba, e na escola Basic Idiomas, no Parque Areia Preta.

A Associação Crescer Com Viver. Há 10 anos a Associação Crescer com Viver realiza um trabalho assistencial para crianças e adolescentes de baixa renda e com alto risco social, no bairro Adalberto Simão Nader.  Atualmente ela é presidida pela Tatiana Perim e tem ajuda de diversos voluntários, que juntos oferecem oficinas de judô, karatê, taekwondo, dança, corte e costura, violão, artesanato, culinária, manicure, manutenção de computadores, informática básica, maquiagem, inglês e reforço escolar. Além das oficinas, são oferecidas assistência médica e psicológica e orientação nutricional, jurídica e de higiene dental.

Deixe seu comentário