Um turista de São Paulo de 44 anos, causou uma enorme confusão no trânsito de Guarapari. Por volta das 22 horas de domingo, ele acabou batendo com sua caminhonete S10, em dois veículos ao sair de uma lanchonete no centro de Guarapari.

Ele acabou batendo com sua caminhonete S10, em dois veículos ao sair de uma lanchonete

Autuado. Os donos dos veículos atingidos perseguiram o turista por mais de dois quilômetros e conseguiram pará-lo e chamaram a polícia. O motorista que causou o acidente foi levado pelos Policiais Militares para a 5ª Delegacia Regional de Guarapari, onde foi autuado por embriaguez ao volante, não pagou fiança e acabou sendo levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.

O dono de um dos veículos atingidos, um gerente comercial de 27 anos, conta que a esposa e a filha de dois anos estavam dentro do carro no momento da batida.

“Minha esposa e minha estavam dentro do carro e eu esperava os lanches ficarem prontos. Quando ele saiu de dentro da lanchonete e entrou no carro, ele acelerou de vez e bateu tão forte no meu carro, que atingiu o carro da frente. O motorista do carro da frente conseguiu sair mais rápido do que eu, perseguiu ele até conseguir pará-lo, e tomar as chaves e o documento do carro. Minha esposa que tem pressão alta, chegou a sentir falta de ar”, relata.

Bafômetro. De acordo com o boletim de ocorrência, com a chegada das viaturas, o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas os policiais perceberam que ele mostrava fortes sinais de embriaguez e o levaram para a delegacia, onde foi autuado pelo crime. O valor da fiança arbitrada não foi revelada.

Deixe seu comentário