Descobrir e valorizar os talentos capixabas do esporte, da música, da literatura e das artes é o objetivo do projeto “Tem no ES”, desenvolvido pelos alunos da Escola Estadual Coronel Antônio Duarte, localizada em Iconha. As atividades estão em andamento e serão concluídas na próxima quinta-feira (24), com apresentação de todos os trabalhos produzidos.

Foto: Assessoria de Comunicação/Sedu-ES
O projeto “Tem no ES” tem como objetivo valorizar os talentos capixabas do esporte, da música, da literatura e das artes. Foto: Assessoria de Comunicação/Sedu-ES

A programação contou com pesquisas no laboratório de informática, produção de poemas e desenhos, além de uma palestra ministrada pela atleta nascida em Guarapari e integrante da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, Ana Paula Ribeiro.

Durante a conversa com os alunos, Ana Paula falou sobre as conquistas durante a carreira e as dificuldades que já enfrentou, relatando fatos marcantes de sua trajetória como ginasta. Destacou também a importância de não deixar de lado os estudos e de sempre acreditar na superação, mesmo diante das adversidades.

A aluna Joana Lima Baier, do 1º ano do Ensino Médio, contou um pouco sobre a experiência. “Não tinha ideia da quantidade de atletas e de escritores que existem no Espírito Santo e a influência que eles têm no nosso estado. Minha turma está produzindo um porta-retrato com informações sobre os atletas capixabas”, disse.

palestra Ana Paula Ribeiro iconha
Ana Paula Ribeiro destacou a importância de não deixar de lado os estudos e de sempre acreditar na superação, mesmo diante das adversidades.

O professor Rayvo Viana do Nascimento, um dos coordenadores do projeto, falou sobre a iniciativa. “Temos visto uma grande melhora na leitura e escrita dos alunos, por meio das pesquisas e revisões de nós professores que acompanhamos o projeto”, disse Rayvo.

“Foi a primeira vez que participei de um evento como esse na escola e achei maravilhoso, pois é uma descoberta nova que a gente adquire. É tão bom descobrir que no Espírito Santo existem pessoas com tantos talentos assim, mesmo que não sejam tão conhecidas na sociedade. Eu e minha turma montamos um poema com informações sobre a vida deles. Quando participamos de experiências como essas, nos sentimos mais motivados a estudar”, relatou Laísa Cristiano Marins, também do 1º ano do Ensino Médio.

O projeto está sendo coordenado pelos professores Rayvo Viana do Nascimento, de Educação Física, Luziane Caprine Ceccon e Izabel Maria Moneque, de Língua Portuguesa, Maria da Penha Maroni, de Arte, e Ivone Barros, de Língua Inglesa.

Deixe seu comentário