O Hemocentro da Secretaria de Estado da Saúde (Hemoes) reforça o pedido para que os voluntários compareçam às unidades para abastecer os bancos de sangue do Estado antes do Carnaval de Vitória e do feriado de Carnaval. A unidade localizada em Vitória ainda está com estoque de sangue e plaquetas abaixo do ideal.

De acordo com o coordenador geral do Hemoes de Vitória, Clio Venturim, é preciso manter os bancos em dia com todos os tipos de sangue, pois a hemorrede estadual abastece 51 serviços de saúde, entre hospitais e agências transfusionais no Espírito Santo. Ele reforça a necessidade dos sangues O positivo e O negativo.

Foto: Assessoria de Comunicação/Sesa
A unidade localizada em Vitória ainda está com estoque de sangue e plaquetas abaixo do ideal. Foto: Assessoria de Comunicação/Sesa

“O sangue ‘O negativo’ é importante porque é o tipo doador universal, ou seja, pode ser transfundido em pessoas que tenham qualquer outro tipo de sangue. Já os tipos ‘O positivo’ e ‘A positivo’, também são muito necessários por justamente serem os mais comuns entre as pessoas”, explica Clio Venturim.

O estoque do Hemoes da capital também precisa de doações de plaquetas, um dos hemocomponentes mais utilizados no dia a dia dos hospitais referências em traumas, e, portanto, muito demandado. A doação de plaquetas por aférese pode ser feita uma vez por mês, e para ser um voluntário é preciso preencher alguns requisitos, verificados em uma triagem.

“O Hemocentro da Secretaria de Estado da Saúde convida os voluntários a fazerem esse gesto que pode salvar vidas, comparecendo a uma das cinco unidades do Espírito Santo. Invista um tempo do seu dia e ajude a manter os estoques de sangue, principalmente para períodos mais críticos, como os de feriados”, destaca o coordenador.

Quem pode doar sangue

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis.

Foto: João Thomazelli/Portal 27
Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Caso o voluntário tenha almoçado, o procedimento deve ser feito após três horas. Doadores frequentes não podem deixar de obedecer ao intervalo para doação, que deve ser de dois em dois meses para homens e de três em três meses para mulheres.

O interessado deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, passará por triagem para examinar sinais vitais como pressão, pulso e temperatura.

Onde doar:

– Hemocentro do Estado do Espírito Santo (Hemoes)

Tel. 3636-7900/7920/7921- Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe, Vitória. Funciona de segunda-feira a sábado, das 07 às 17h.

– Unidade de Coleta à Distância da Serra

Tel. 3338-7880/3338-7373. Avenida Eudes Scherrer Souza, s/n (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva). Funciona de segunda-feira a sexta-feira das 07 às 15h30.

– Hemocentro de Linhares

Tel. (27) 3171-4361/4363/4362 – Avenida João Felipe Calmon, 1.305, Centro (ao lado do Hospital Rio Doce). Funciona de segunda a sexta-feira, das 07 às 12h30.

– Hemocentro Regional de Colatina

Tel. (27) 3177-7930 – Rua Cassiano Castelo, s/n, Centro. Funciona de segunda a sexta-feira, das 07 às 12h30.

– Hemocentro Regional de São Mateus

Tel. (27) 3767-4135 – Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington. Funciona de segunda a sexta-feira, das 07 às 12h30.

Deixe seu comentário