A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) de Guarapari recuperou  uma carga de óleo lubrificante que foi roubada na última semana em LInhares, no Norte do Estado.

A carga, avaliada em R$ 230 mil, estava escondida em uma empresa de terraplanagem no bairro São Gabriel, em Guarapari. a carreta e o cavalo mecânico que transportava o óleo foram abandonados às margens da BR-101 na divisa entre Guarapari e Anchieta.

A carga foi roubada em Linhares e trazida para Guarapari. Reprodução/Divulgação

A Depatri recebeu a informação de que a carga estaria no local da apreensão e os agentes, junto com o delegado, confirmaram a denúncia. parte da carga estava em outra carreta e o restante escondido dentro de um galpão da empresa.

A carga estava em uma empresa de terraplanagem que fica no bairro São Gabriel. Divulgação

No local também foram apreendidos outro cavalo mecânico e duas carretas, uma delas cheia de peças de um terceiro cavalo mecânico.

“Acreditamos que se trata de uma quadrilha que, além de receptar carga roubada, também frauda seguros de caminhões e adultera os mesmo. Três pessoas estão sendo indiciadas pelos crimes de furto, associação criminosa e adulteração de veículos, já que uma das carretas estava com motor de outro veículo”, explicou o titular da Depatri, delegado Marcos Nery.

Como os três indiciados não foram pegos em flagrante, eles responderão aos crimes em liberdade.

O delegado chamou a atenção da população para crimes como este. “Apesar de Guarapari ser uma cidade considerada calma, os bandidos aproveitam essa característica para movimentar este tipo de crime. Quem perceber movimentações estranhas, fora do horário normal de funcionamento de uma empresa, deve entrar em contato com a polícia e fazer denúncias”, concluiu o delegado.

Comments are closed.