Os moradores de Guarapari juntamente com Organizações Não Governamentais (ONG) e Associações irão se reunir neste sábado (28) às 17h, no Radium Hotel, no Centro para cobrar mais transparência na apuração e divulgação do inquérito policial 202/13 que investiga o suposto envolvimento de quatro vereadores em cobrança de propina para aprovação do projeto de lei da bilhetagem eletrônica.

O objetivo da reunião é discutir quais são as medidas que a sociedade pode fazer para ter acesso às informações sobre o processo e cobrar celeridade no resultado final, afirmou o presidente da Associação dos Comerciantes de Guarapari (ACG), Temístocles Sant Ana Neto.

“Queremos mostrar a nossa indignação com esse caso de corrupção na cidade e queremos respostas”, disse Neto.

corrupcao_3_site

A reunião está sendo divulgada pelas redes sociais e surgiu após várias reivindicações do povo nas ruas e também através da Ouvidoria Popular de Guarapari, um canal de reivindicações do povo que foi criado na cidade.

De acordo com o presidente da Ouvidoria, Anderson Arpini, a proposta é além de cobrar transparência nas investigações é criar mecanismos para propagar a notícia de corrupção passiva na cidade.

“A ideia é que a população carente, e todos os moradores da cidade se conscientizem sobre o que está acontecendo”, disse Arpini.

Serviço

Sábado – 28/09

Local – Radium Hotel, Centro de Guarapari

Horas – 17h

Todos podem participar

 

Deixe seu comentário