O adolescente de 17 anos que assassinou o Policial Militar aposentado de São Paulo, no terceiro dia do ano em Guarapari, foi apreendido na manhã de hoje (11), na Grande Vitória. Segundo a Polícia Civil, ele se entregou, e confessou que atirou três vezes contra o PM. “Ele confessou a participação no crime, e confessou inclusive, ter atirado no Policial Militar, quando ele tentou domina-lo”, disse o delegado da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) à imprensa.

adolescente morte do pm paulista
Adolescente confessou que matou o policial. Foto: Divulgação.

Com a apreensão de hoje, sobe para quatro, o número de pessoas envolvidas no crime. No último dia 5, três pessoas foram presas, também acusadas de envolvimento na morte do sargento Adailton Xavier de Menezes de 51 anos, que ocorreu no domingo (03) na Praia de Setiba.

Foram detidos Rodolfo Rodrigues Neves e Diego Santos Bidú, ambos de 20 anos, e um adolescente de 17 anos. De acordo com o delegado titular da DCCP, Daniel Belchior, a participação de cada um no crime é específica – veja na matéria.

Morte. Antes de ser morto, o policial entrou em luta corporal com o adolescente, que conseguiu sacar a arma e atirar três vezes contra o PM paulista. Adaílton foi atingido no tórax, na altura do coração, no braço esquerdo e na na região lombar, também do lado esquerdo. De acordo com a perícia da Polícia civil, que esteve no local, é provável que os tiros foram dados à queima roupa, pois nos três orifícios há marcas de queimadura de pólvora.