Uma bailarina de Guarapari tem chamado a atenção e mostrado que a cidade tem locais muito propícios para se praticar a arte da dança. Ela é professora de pole dance, que é uma forma de dança e ginástica em que o praticante, faz movimentos que exigem força, flexibilidade e equilíbrio.

E neste quesito, Isadora Guimarães, de apenas 23 anos e que já tem 12 anos de balé, mostra que é fera e tem pleno domínio da arte do pole dance. O que chama atenção, é que ela pratica a atividade utilizando os equipamentos urbanos de Guarapari, que se tornam parte da sua arte, compondo um cenário fotográfico com muita beleza e sensualidade.

O que chama atenção, é que ela pratica a atividade utilizando os equipamentos urbanos de Guarapari, que se tornam parte da sua arte.

Novo canal. Ela, que também é fotógrafa, diz que essas fotos fazendo pole dance começaram quando foi fazer um ensaio no novo canal da cidade e resolveu fazer uma pose de pole e fotografar. “Eu fui fotografar uma modelo e eu gosto muito de aproveitar os recursos naturais, urbanos. Eu não sou muito fã de fotos em estúdio, eu gosto de aproveitar porque nossa cidade é linda. Eu acho que tem muitos lugares de Guarapari em que as pessoas ainda não abriram o olho; para ver que temos lugares especiais e diferentes”, explica ela, que foi fotografada pelo marido.

A bailarina explica que as fotos aguçam a curiosidade de quem passa na rua no momento, mas que ela não perde a concentração. “É uma coisa que realmente chama atenção e as pessoas costumam parar para ver”, diz.

“Eu não sou muito fã de fotos em estúdio, eu gosto de aproveitar porque nossa cidade é linda”

Isadora explica como começou sua relação com o pole dance e agradece a professora Magnólia Nunes. “Alguns anos atrás eu vi um vídeo de uma pole dancer famosa e fiquei encantada. Em Guarapari não tinha aulas e quando eu fui trabalhar em Vila Velha, eu soube de um curso da Magnólia e fiz. Na primeira aula já foi um contato extraordinário e percebi que ele tem várias vertentes, que me chamaram atenção para essa modalidade”, disse.

Yoga e balé. Isadora também faz fotos em posições de yoga e balé. Ela diz que faz sempre que acha um local propício. Em uma das oportunidades, fez uma foto em uma barra da placa de rua perto de um posto de gasolina. “Eu e meu esposo estávamos esperando uns amigos e paramos o carro do lado deste poste. Eu subi e pedi para ele tirar a foto. Os frentistas até brincaram, espantados dizendo que eu era forte. Eu sempre estou observando os locais e se eu acho um bacana, não perco tempo e faço a foto. Eu acho que Guarapari tem uma beleza que é sem igual. Eu adoro esse lugar”, diz.

Em uma das oportunidades, fez uma foto em uma barra da placa de rua perto de um posto de gasolina.

Arte. Isadora dá aulas de pole dance em Vila Velha, mas pretende abrir uma turma em Guarapari. Ela recomenda o pole para as mulheres e critica o preconceito. “Entre os vários estilos, nós temos uma vertente chamada pole fitness, que trabalha bastante a musculatura, a gente ganha força, confiança e ultrapassa alguns medos. Eu acho que além do fator estético, o importante é sentimento que desperta na mulher. O pole não é aquela sensualidade pejorativa, vulgar, que muitas pessoas veem. É uma arte para todos, até para os homens ”, finaliza. Veja mais fotos dela.

 

Deixe seu comentário