Uma leitora do site entrou em contato conosco para informar que ao tentar marcar exames pela Prefeitura, para sua filha de 1 ano, teve dificuldades e foi informada que os exames estão suspensos até o dia 21. Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, que enviou nossas perguntas para a Secretaria de Saúde e recebemos a seguinte resposta.

“A Secretaria Municipal da Saúde informa que atualmente os exames laboratoriais estão sendo feitos com a cobertura do Consórcio. Ocorre que possuem cotas e, quando estas são todas utilizadas, o programa bloqueia por um determinado período. Visto que nos dois primeiros meses do ano não foi feita a licitação para a contratação de empresa para realização dos exames, a Secretaria da Saúde está tomando as providências com máxima urgência de modo a restabelecer o atendimento.”

A ex-secretaria interina de Saúde, Hozana Simões, explicou o motivo da licitação não ter sido feita. “Informo a todos que não foi realizada a licitação nos dois primeiros meses do ano(como informou a secretaria de comunicação), por conta da última licitação feita no ano passado onde duas empresas recorreram por entenderem que o processo foi direcionado a um laboratório concorrente, com isso o processo foi parar no Tribunal de Contas e o município estava impedido de fazer nova licitação. A nova licitação vai ter que ser feita obedecendo a recomendação do tribunal em outro tipo de modalidade licitatória. portanto não queiram jogar a culpa na administração interina por favor! A única forma legal para não deixar o povo totalmente desassistido foi o credenciamento ao consorcio até que se faça nova licitação, essa solução tem que ser paliativa e não permanente, nosso povo não merece isso!”

Deixe seu comentário