Um homem com mandado de prisão aberto por estelionato foi preso na tarde de ontem (05) em Guarapari momentos antes de conseguir um empréstimo de R$ 28 mil de uma financeira na cidade.

Davidson foi preso momentos antes de fazer um empréstimo de R$ 28 mil. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Davidson foi preso momentos antes de fazer um empréstimo de R$ 28 mil. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Davidson Rafael Castro Ramos, de 29 anos, estava sendo monitorado pela Polícia Militar desde ontem. Ontem, quando o suspeito se preparava para finalizar o empréstimo, policiais militares do Grupo de Apoio Operacional (GAO). A prisão não havia sido feita antes porque a PM do Espírito Santo ainda não estava com o mandado de prisão em mãos.

Ele era procurado pela Justiça da Bahia acusado de participar de uma quadrilha que aplicavam golpes que chegam a R$ 450 mil por mês. Em Guarapari ele usava uma identidade falsa com o nome de Gilmar Aquino Machado, 39 anos. Como ele não havia concluído o empréstimo, ele não vai responder por este crime.

No dia 5 de agosto deste ano Davidson foi preso em Vitória da Conquista junto com mais três homens depois de fazerem compras com documentos falsos em um shopping da cidade. Antes disso ele já havia sido preso em São Paulo e Minas Gerais pelo mesmo crime. O carro que ele usava, um Honda Civic prata, tinha uma placa fria e foi roubado em Ilhéus, na Bahia em setembro deste ano.

Davidson tinha um mandado de prisão aberto pela Justiça da Bahia. Reprodução
Davidson tinha um mandado de prisão aberto pela Justiça da Bahia. Reprodução

Na hora da abordagem policial, Davidson não ofereceu resistência e avisou aos policiais que os documentos que ele portava eram falsos. Ele foi levado para a 5ª Delegacia Regional em Guarapari.

Sara Luíza Pessoa, advogada do detido disse que seu cliente só vai se pronunciar em juízo. Uma mulher que teria comprado um carro de Davidson também foi levada para a delegacia. Além de não possuir os documentos do carro, em seu celular foram encontrados pela polícia cinco pontos de LSD.

Drogas e animais silvestres

Também na tarde de ontem policiais militares fizeram uma abordagem de rotina em nove pessoas no bairro Coroado e acabaram apreendendo quase um quilo de maconha, três canários da terra sem anilhas e cocaína.

Três pássaros da fauna silvestre e um tablete de maconha foram apreendidos. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Três pássaros da fauna silvestre e um tablete de maconha foram apreendidos. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Dois policiais em motocicletas faziam o patrulhamento pelas ruas do bairro quando visualizaram um indivíduo saindo de um terreno. O suspeito se juntou a um grupo de oito jovens. Por causa do número de pessoas reunidas, os policiais pediram apoio de uma radipatrulha para fazer a abordagem.

Com um dos indivíduos foram encontrados dois papelotes de cocaína e com outro uma bucha de maconha. Ao verificarem no terreno de onde o primeiro suspeito havia saído, os policiais encontraram cerca de 20 buchas de maconha e um tablete da mesma droga pesando aproximadamente 1 quilo e três coleiros sem anilhas. Os nove suspeitos, entre eles três menores de idade, foram conduzidos para a delegacia para prestar esclarecimentos.