Nesta segunda-feira (22) a Secretaria Municipal de Análise a Aprovação de Projetos realizou uma audiência pública para apresentar a sociedade de Guarapari, o Estudo de Impacto de Vizinha (EIV) do Superatacado Sempre Tem, do grupo Carone, que deve ser instalado na área do Kart In Door, na Praia do Morro.

Segundo o diretor presidente do grupo Carone, Willian Carone Júnior, assim que o projeto for aprovado pela prefeitura as obras começam. Foto: Rafaela Patrício

Trânsito. Segundo o estudo, o empreendimento terá 8.886 metros quadrados de área construída e dois pavimentos de estacionamento.  Para a instalação do supermercado na área o estudo propõe algumas alterações no trânsito, entre elas a implantação de um canteiro central na ES-060 e a mudança no sentido das ruas Boris Davidovisk, Juiz de Fora e parte da Antônio Soeiro, que passariam a ser mão única. Porém, todas essas propostas ainda devem ser analisadas pelo município.

Empregos. Se a implantação do supermercado na cidade for aprovada, a obra vai gerar e cerca de 200 empregos. Já quando estiver operando o superatacado vai empregar 250 diretamente e 150 indiretamente. No local será possível fazer compras por atacado ou varejo das 7h às 21h e os comerciantes ainda podem comprar pelo televendas com preços especais. São mais de 16 mil produtos ofertados.

A secretária de Análise e Aprovação de Projetos, Milena Ferrari relatou que inicialmente a maior preocupação do município com a vinda do supermercado eram os impactos causados ao trânsito. “Pela proximidade com a ES-060 nós cobramos muito deles que apresentassem soluções e os técnicos apresentaram propostas de modificação no trânsito e sinalização. Essa questão do trânsito parece que fica solucionada com a proposta deles, que estamos avaliando”.

A secretária de Análise e Aprovação de Projetos, Milena Ferrari Foto: Rafaela Patrício

De acordo com a secretária, após a audiência pública o projeto volta a ser analisado pelo município. “A proposta vai voltar para o Conselho do Plano Diretor para a análise e na reunião da próxima segunda-feira já vai ser analisado e pode ser que seja aprovado até o final de fevereiro”, explicou a secretária.

O diretor presidente do grupo Carone, Willian Carone Júnior, relatou obra terá início assim que for aprovada e fica pronta em 10 meses. “Vamos começar imediatamente. Já temos todos os projetos bombeiro, hidráulico, hidro sanitário, de meio ambiente e arquitetônico prontos e a empresa de engenharia que trabalha para gente preparada. A prefeitura dando o ok a gente começa e no máximo em 10 meses estamos prontos e abastecidos para inaugurar”. revelou.

Segundo ele,  o valor do investimento ainda não está definido. “Nós ainda não temos um valor estimado porque vai depender de todas as intervenções que vamos precisar fazer de acordo com o que vai acontecer tanto na audiência pública como no conselho, mas é um valor expressivo”.

O Superatacado Sempre Tem oferece mais de 16 mil produtos para compra de atacado e varejo. Foto: Divulgação

O proprietário afirmou que escolheu Guarapari para instalar sua nova loja porque do grande número de pequenos comerciantes.  “Esta é a primeira operação no sul do estado e a gente vê que o pequeno comércio é muito forte em Guarapari. Esse pessoal às vezes fica meio órfão para comprar. Ele fica dependendo de grandes atacados até de fora do estado para poder abastecer porque as grandes indústrias acabam não atendendo ao pequeno comerciante então vamos estar aqui instalados e prontos para atender a todos”.

Willian também explicou que o Superatacado Sempre Tem trabalha com produtos das mesmas marcas que o Carone e também “marcas de combate” que possuem preços mais atrativos. Porém a principal diferença entre eles é luxo da estrutura das lojas.

“No superatacado a gente trabalha com um número de itens um pouco mais reduzido e atende tanto a dona de casa como o comerciante. Este é um formato que vem crescendo muito a nível de Brasil. É mais enxuto e com um pouco menos de luxo. Vamos oferecer o conforto total para a população de Guarapari, mas com um pouco menos de luxo e com isso conseguimos enxugar o custo do empreendimento e repassar essa economia para o preço da mercadoria”, disse o diretor presidente do grupo Carone.

Comments are closed.