Se todas as movimentações políticas e administrativas funcionarem corretamente, o cidadão de Guarapari pode ter a sua disposição, três hospitais públicos a partir do ano que vem. Conforme sabemos, a prefeitura de Guarapari está construindo no bairro dos Adventistas, o Hospital Cidade Saúde.

Hospital Cidade Saúde. De acordo com a prefeitura, o Hospital Cidade Saúde será referência em toda a região com mais de 140 leitos de internação e 23 leitos de pronto-socorro. O prefeito Edson Magalhães pretende fazer o funcionamento do hospital através de uma Parceria Público Privada (PPP), com atendimentos públicos e privados.

Hospital Cidade Saúde será referência em toda a região com mais de 140 leitos de internação e 23 leitos de pronto-socorro.

Média e alta complexidade. As obras do hospital Cidade Saúde estão em andamento e a previsão de entrega é em 2020. “Os moradores de Guarapari vêm sofrendo muito, dependendo de transferências para hospitais mais distantes na Grande Vitória, quantas vidas foram perdidas nesse trajeto. Nós estamos construindo um hospital moderno e com estrutura completa para os atendimentos de média e alta complexidade”, disse o prefeito.

HIFA. O Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa) chegou a Guarapari em 2014 após várias mortes de crianças no antigo Hospital São Judas Tadeu. Ele funciona nas dependências do antigo Pronto Atendimento Infantil, Zilda Arns, na Praia do Morro. Foi a solução do governo Casagrande, ainda durante o seu primeiro mandato, para acabar com as mortes de crianças e dar qualidade de vida as mães de Guarapari e região.

Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa) chegou a Guarapari em 2014 após várias mortes de crianças no antigo Hospital São Judas Tadeu.

São Pedro. Além do Hospital Cidade Saúde e do Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa), surgiu na semana passada a opção de o Hospital São Pedro ser credenciado ao Governo do Estado, para a compra de leitos.

A ideia é que os pacientes que dão entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Ipiranga, e são submetidos a cirurgias de média complexidade, vão poder ser atendidos na cidade, ao invés de aguardar por uma vaga em hospitais da Grande Vitória.

Reunião. Um dos articuladores dessa ideia é o subsecretário estadual de turismo, Gedson Merízio que se reuniu com o Secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes de Medeiros Júnior. “Nossa população, que sofre por uma vaga em hospitais da Grande Vitória, se houver vagas no Hospital São Pedro, poderão ser atendidos na própria cidade, sem se preocupar com o deslocamento e principalmente a longa espera. Resolvemos assim, um problema de saúde de maneira urgente da nossa cidade”, esclarece Merízio.

O subsecretário estadual de turismo Gedson Merízio se reuniu com o secretário estadual de saúde, Nésio Fernandes de Medeiros Júnior. Um dos proprietários do hospital, o Dr. Rogério Zanon, e o gestor em saúde, Carlos Eduardo Leão, acompanharam a reunião.

Mais saúde. Ou seja, tudo leva a crer que o ano de 2020 pode ser com uma saúde de mais qualidade para os cidadãos de Guarapari, que poderão contar com três hospitais públicos, procurando o Hospital Cidade Saúde, Hospital Materno Infantil Francisco de Assis (Hifa) e também o Hospital São Pedro quando necessitarem de atendimentos de saúde.