Um incêndio na Unidade Pronto Atendimento (UPA) de Guarapari deixou a unidade de saúde às escuras e pacientes sem atendimento. Quem estava internado teve que ser transferido para hospitais das cidades vizinhas.

O incêndio aconteceu por causa de uma sobrecarga   na chave geral. Foto: João Thomazelli/Portal 27
O incêndio aconteceu por causa de uma sobrecarga na chave geral. Foto: João Thomazelli/Portal 27

O incêndio aconteceu por volta das 17 horas da tarde de hoje na caixa da chave geral de energia elétrica. O fogo se extinguiu sozinho, mas o gerador de emergência não funcionou corretamente e a UPA ficou às escuras.

De acordo com informações de um dos pacientes internado na UPA, um homem que sofreu uma crise convulsiva teve que ser atendido à luz de celulares e lanternas. Nem mesmo as luzes de emergência do PA funcionaram.

Por volta das 19h30, alguns funcionários da secretaria de obras chegaram à UPA para tentarem fazer reparos no local do incêndio para que o fornecimento de energia elétrica voltasse. De acordo com o Secretário de Obras do município, José Aled, que estava no local, a previsão é de que os reparos terminassem em pelo menos quatro horas.

A UPA ficou às escuras. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A UPA ficou às escuras. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Enquanto a UPA estava às escuras, os pacientes que chegavam no local à procura de atendimento eram informados que não poderiam ser atendidos ali e que seriam encaminhados para Vitória ou Vila Velha.

Nem a prefeitura ou a direção do UPA conseguiram nos informar o que seria feito com os pacientes internados. E também não conseguimos saber por que o gerador de emergência não funcionou.

Deixe seu comentário