Foi registrado no início da manhã de hoje (30), a falta de doses em alguns locais de vacinação designados pela prefeitura de Guarapari. Em Meaípe, a informação é de que às 9h, os portões da Escola Maria José Loureiro Vicente já estavam sendo fechados.

O aposentado Manoel da Silva Ferreira, conhecido como Português, de 85 anos, foi um dos moradores de Meaípe que ficou sem a vacina. “Antes 9h da manhã, quando eu cheguei lá, disseram que as doses já tinham acabado. E essa é a segunda vez que eu vou. Na semana passada eu fui, mas não me vacinaram. Me informaram que não estava na minha vez ainda, porque estava sendo organizado através de letra. E hoje, que estava liberado, já não tinha mais doses”, disse o aposentado.

Foi registrado no início da manhã de hoje (30), a falta de doses em alguns locais de vacinação designados pela prefeitura de Guarapari.

Em Santa Mônica, na Escola José Antônio Miranda, quem chegou às 10h, também encontrou os portões se fechando. As irmãs Vera Lucia da Motta Ferraz, 72, e Alzira Ferraz de Castro de 74, ficaram sem a vacina.

“Quando chegamos, os enfermeiros estavam fechando os portões. Já tinha acabado mais cedo. Essa é a segunda vez que vamos a escola para vacinação. Fomos no primeiro dia, e quando chegamos lá, já tinha acabado também”, disse dona Vera.

A primeira fase da Campanha de Vacinação Contra Influenza começou na segunda-feira (23) e foi suspensa no dia seguinte, pois segundo a Secretaria Municipal de Saúde, não estava acontecendo o repasse da vacina por parte do Ministério da Saúde

Segundo a prefeitura, o município recebeu até semana passada, 8.170 doses e todas foram aplicadas. 5.500 na segunda-feira, e 2.670 na terça-feira. O município informou que ia aguardar a terceira remessa de vacinas para voltar aos atendimentos.

A terceira remessa chegou, e a prefeitura anunciou na sexta-feira, que hoje a campanha voltaria ao normal. No entanto, diferente da separação por letras, o município estaria atendendo por ordem de chegada.  O Portal 27 aguarda novas informações por parte da prefeitura, para saber se a Campanha vai continuar normalmente ou não.

Deixe seu comentário