Mais um crime terrível chocou a comunidade de Guarapari. Uma criança de apenas 9 anos foi vítima de estupro por um homem de 29 anos. O crime, que aconteceu no dia 18 de maio, tendo acontecido por duas vezes. Segundo relatos da vítima, o suspeito, que era considerado amigo da família, já havia cometido o mesmo ato duas semanas antes.

Revoltados e buscando justiça, a família da criança, que não terá seus nomes divulgados para preservar a identidade da vítima, relatou os fatos à Gazeta. A mãe da criança contou que o filho está em acompanhamento psicológico, pois se encontra muito abalado e retraído.

Polícia investiga estupro de menino de 9 anos em Guarapari

“Ele era uma criança muito alegre, mas agora está completamente diferente. Ele só nos contou sobre o abuso depois da segunda vez porque tinha muita vergonha”, desabafou a mãe.

A família relata que o suspeito convivia com eles há anos e frequentava a casa inclusive após o primeiro abuso. Na ocasião, ele chegou a consertar a bicicleta da vítima, demonstrando frieza e premeditação.

“Dias depois do primeiro abuso, ele veio aqui em casa na terça-feira, provavelmente para ver se a gente desconfiava de algo. Como não percebemos nada, ele se sentiu seguro para cometer o crime novamente no sábado seguinte. Na hora que fiquei sabendo, fiquei com muita raiva e revolta. Ele era amigo do meu marido, frequentava nossa casa depois dos cultos, e agora a gente se sente traído e sozinho”, relatou a mãe.

No último abuso, o homem aproveitou a saída do pai da criança para o trabalho para oferecer um celular à vítima e cometer o crime. Após a denúncia à polícia, o suspeito sumiu da região.

A criança foi encaminhada à delegacia, onde passou por exames que confirmaram a penetração. O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente e ao Idoso (DPCAI) de Guarapari, que busca elucidar o crime e punir o responsável.

 

*com informações de A Gazeta.