Moradores do bairro Perocão estão com uma pulga atrás da orelha. Eles estão estranhando a forma silenciosa como a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro funciona.

Apesar de ter sido inaugurada no dia 19 de agosto, em um evento no coração da aldeia de pescadores de Perocão, depois disso, pouca coisa mudou.

A ETE de Perocão foi inaugurada em agosto deste ano. Foto: João Thomazelli/Portal 27
A ETE de Perocão foi inaugurada em agosto deste ano. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Nenhum funcionário da Cesan foi visto pelos vizinhos da ETE depois da inauguração e eles desconfiam que a obra, que está finalizada, ainda não está operando.

No local é possível sentir um cheiro forte, dando a entender que de fato o esgoto está sendo levado até o local. Mas a forma silenciosa de como a ETE opera está deixando muitos moradores desconfiados. Para chamar a atenção dos responsáveis, Renato Ferraz, que é morador da região fez um vídeo e divulgou em redes sociais na internet.

Veja o vídeo:

A Prefeitura de Guarapari informou, em nota, que: “A Estação de Tratamento de Água e Esgoto funciona sob a operacionalização da Cesan, que detém a concessão do esgoto sanitário e fornecimento de água no município. A mesma está em pleno funcionamento sim. O que ocorre é que ela funciona por sistema de bombas programadas, ou seja, a partir do momento que enche, ela “arma” e remete o resíduo para a caixa de tratamento. Ela trabalha de acordo com o volume que é injetado dela. Por isso, reforçamos a importância da ligação da rede de esgoto das residências e comércios à fossa séptica, para que o volume faça com que a ETE trabalhe cada vez mais intensamente, evitando situações de esgoto retornando a céu aberto. Mais informações podem ser obtidas com a própria concessionária Cesan“.

Também procuramos a Cesan, para um esclarecimento final sobre a situação da ETE, e obtivemos como resposta: “A Estação de Tratamento de Esgoto do Bairro Perocão, em Guarapari já está realizando o tratamento do esgoto da região há aproximadamente dois meses e pode receber até 20 litros/segundo de esgoto. E diariamente, equipes da Cesan realizam visitas à estação, que opera de forma silenciosa”.

Deixe seu comentário