Moradores e comerciantes do balneário de Meaípe reclamam que há cinco meses a obra está paralisada e eles estão preocupados com a chegada do verão. Foi divulgado hoje (22), no Diário Oficial dos Municípios a convocação da empresa, segunda colocada no processo para construção do muro de contenção da Praia de Meaípe, em Guarapari. O contrato é de 120 dias após a assinatura da ordem de serviço.

Moradores ansiosos pela finalização da obra do muro na Orla de Meaípe.

Segundo a presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Marlene Amado a preocupação é que a obra não finalizada vai comprometer o comércio local no verão.

“Nós já não temos praia, ainda vai prejudicar os comerciantes que tem na orla? Pra melhorar o turismo, tem que fazer obras que ajudem o turismo”.

Segundo a moradora de Meaípe, Carla Capistrano os vergalhões da obra estão expostos causando preocupação a quem mora e quem visita o local.

“Nós estamos com um problema que a obra está paralisada já faz, praticamente, cinco meses. Tem vergalhões na praia que preocupam não só os moradores como os turistas. O dia que deu sol, ficou tipo uma prainha sendo um perigo para a população, para as crianças, porque tem muito vergalhão na praia e nós queríamos uma posição do prefeito sobre o que que vai ser feito”.

Desnível da Rua preocupa comerciantes de Meaípe

Outra queixa dos moradores é com relação a Rua de Lazer que está sendo feita na orla. Eles alegam que na prática o projeto está diferente do que foi apresentado a comunidade, e estão preocupados que após a conclusão da obra a água da chuva possa invadir o comércio local.

“O nível que eles estão querendo fazer o passeio, para pedestre está muito alto. Além de criar degraus para os estabelecimentos e acabar com a acessibilidade, tem a preocupação com o acúmulo de água de chuva que vai ficar dentro dos comércios”, questionou a presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Marlene Selda Amado.

Segundo o comerciante Vinícius Brina, a rua está sendo aumentada em vinte centímetros.

“Eles estão aumentando em praticamente 20 centímetros e dessa forma vai ser ruim, em vez de ajudar a gente, vai atrapalhar. Fora esse desnível com relação as lojas e a rua”.

A Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) informa que já foi definido junto a empresa uma solução para questão apresentada pelos comerciantes e moradores. No local será feito um rebaixamento de nível da rua e todo o escoamento de água será feito pelo lado do mar.

A Prefeitura informou que dentro do pacote de obras da revitalização da orla, serão construídos o calçadão e a tão esperada rua de lazer, desejo antigo dos moradores de Meaípe. A intenção do município é realizar a obra até dezembro.

 

 

Deixe seu comentário