Uma idosa que estava internada desde o dia 14 de outubro do ano passado, no Hospital Municipal de Piúma, depois de sofrer maus tratos da própria filha, faleceu na manhã de hoje (28) em virtude de vários problemas de saúde.

Dona Wilma Real Alves, chegou em estado grave ao hospital, onde recebeu atendimento médico, depois que a polícia recebeu denúncia de que a filha, identificada como Virginia Alves, maltratava a idosa.  (Reveja essa matéria aqui).

Sem título
Dona Wilma Real Alves, chegou em estado grave ao hospital. Reprodução TV Gazeta.

“Ela vivia em uma situação horrível. O cachorro ficava dentro da residência, onde todas as janelas e portas ficavam fechadas e não tinha ventilação. O local era de muito mau cheiro e falta de higiene. O colchão pingava urina. Ela pedia socorro quando a filha não estava perto, pois tem medo dela. Quando eu estava lá, a idosa pediu água e ela, na minha frente, deu água quente para a mãe”, revelou Shirlei Marques, que tomava conta da idosa e denunciou o caso à polícia.

Procurada por nossa reportagem a Secretaria de Saúde de Piúma enviou uma nota, explicando a causa do óbito e lamentando a morte da idosa. Confira a nota.

Nota de Esclarecimento
É com enorme pesar que a Prefeitura de Piúma, através da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Assistência Social, vem se manifestar no sentido de informar, o falecimento da senhora Wilma Real Alves, ocorrido as 5h20 da manhã de hoje (28). Internada há mais de 120 dias no Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde recebeu todos os cuidados necessários e o carinho da equipe médica do hospital, Dona Wilma, que estava com 81 anos, faleceu em decorrência de doença pulmonar crônica, enfisema pulmonar e insuficiência respiratória. O Sepultamento ocorrerá ainda hoje no cemitério de Nova Esperança em Piúma. Em nome do Município de Piúma, fazemos questão de expressar as nossas condolências aos familiares neste momento de luto e tristeza.