O motoboy Webster Luiz Santos Lopes, de 19 anos, recebeu alta hospitalar no início da tarde da última quinta-feira (02), uma semana após ser atropelado e arrastado por um carro em Guarapari.

A namorada de Webster, Franciani da Silva, de 32 anos, não resistiu e faleceu no local.

Na ocasião em que foi ferido, Webster foi socorrido com traumatismo craniano e fraturas nas costelas.

Os familiares afirmam que o rapaz chegou a ficar em coma e precisou ficar internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória.

A autora do crime foi a engenheira Karen Keithy Morais, de 36 anos, que atingiu e arrastou a moto por cerca de 300 metros.

Foi autuada em flagrante por um homicídio consumado e um tentado, ambos qualificados por motivo fútil. Karen está presa em Cariacica, no Centro Prisional Feminino.