As eleições na capital estão indefinidas.  É o que apontam duas pesquisas publicadas hoje pela Rede Gazeta. Em levantamento feito pelo Ibope, a pedido da TV Gazeta, o atual prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), que busca a reeleição, tem 51% das intenções de votos válidos, contra 49% do deputado estadual Amaro Neto (SDD).

Como a margem de erro máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra, há um empate técnico entre os candidatos. Nesta perspectiva, excluem-se brancos, nulos e indecisos, que somaram 12% dos 602 eleitores entrevistados.

Estimulada. Considerando as intenções de voto estimuladas, quando os candidatos são apresentados aos entrevistados, Luciano conta com 45% e Amaro com 43%. Os eleitores que disseram votar branco ou nulo somam 9% e os indecisos, 3%.

No último dia 15, o candidato do PPS tinha 51% da intenção de voto estimulada, e o do Solidariedade, 38%. Os votos brancos e nulos eram 8%, e indecisos, como agora, eram 3%.

A pesquisa do Ibope foi realizada nos dias 28 e 29 de outubro de 2016, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo sob o número ES-00672/2016.

prefeitos-vitoria
Na pesquisa Ibope Amaro tem 49% contra tem 51% das intenções de votos válidos de Luciano.

Futura. Na pesquisa estimulada da Futura, em que são apresentadas as opções de candidatos para o eleitor, Luciano registrou 50,7% das intenções dos votos válidos, quando se exclui os votos nulos e brancos, enquanto que Amaro teve a preferência de 49,3% dos entrevistados.

A pesquisa ouviu 600 pessoas. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. No apanhado geral, Luciano Rezende caiu 6,3 pontos percentuais, indo de 49,8% das intenções de votos em pesquisa do dia 6 de outubro para 43,5% neste sábado. Já Amaro cresceu 4,4%, saindo de 37,8% para 42,2% das intenções de voto. Os votos brancos e nulos também aumentaram, de 7,5% para 8,7% para este sábado. 5,6% dos entrevistados responderam que não sabem ou ainda não decidiu em quem irá votar.

A Futura Consultoria e Pesquisa entrevistou 600 pessoas no dia 29 de outubro. Todos os entrevistados são moradores e eleitores de Vitória, com idade a partir de 16 anos. O índice de confiabilidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número ES-04674/2016.

Com informações do Gazetaonline/TV Gazeta

Deixe seu comentário