Para a tristeza de todos os skatistas de Guarapari a tão sonhada pista de skate parece que não vai sair do papel tão cedo. Os praticantes do esporte questionam o fato de a pista de skate ter lido substituída na obra por uma quadra de tênis e uma piscina semi-olímpica.

De acordo com eles, ao irem ao local verificar o andamento da obra, que já deveria ter ficado pronta, encontraram o mestre de obra e perguntaram pela pista, o homem então teria dito que a pista não seria mais feita no local e daria espaço a outros tipos de esporte.

Faz tempo que os skatistas buscam espaço para praticar o esporte. Foto: Divulgação.
Faz tempo que os skatistas buscam espaço para praticar o esporte. Foto: Divulgação.

“No lançamento da obra do Complexo do Rio Branco, estivemos presentes e conversamos com as arquitetas responsáveis pela obra, pois vimos que tinha sido destinado um espaço para a prática do skate, mas não haviam procurado ninguém que praticasse o esporte na cidade. Queríamos saber o tipo de pista que seria construída”, conta o skatista, Gaspar Fromholz.

Ele disse que feito o contato os praticantes puderam ajudar na elaboração de um novo projeto de acordo com a área disponível e os anseios dos skatistas. O projeto teria sido aprovado, inclusive, pelo entoa prefeito, Edson Magalhães. A informação da construção da pista foi confirmada pela própria Prefeitura há menos de seis meses.

Os obstáculos ajudam os praticantes a fazerem manobras. Foto: Divulgação.
Os obstáculos ajudam os praticantes a fazerem manobras. Foto: Divulgação.

“Há uns seis meses tivemos um problema junto ao departamento de postura. Colocamos alguns obstáculos para pode andar na Praia do Morro e eles queriam apreender. Foi feita uma denúncia no Facebook sobre o problema e a ATribuna nos procurou para fazer uma reportagem. Para a repórter  a Prefeitura – por meio da Secretaria de Esporte e Cultura – respondeu que o projeto já tinha sido aprovado e que estava sendo construída uma pista no Complexo”, explica o skatista.

De fato, o projeto original inclui uma pista de skate. É possível até mesmo confirmar isso nos detalhes da obra expostos no site da Prefeitura (Confira aqui). Ao entrar em contato com a Administração Municipal, fomos informados de que a informação não é verídica.

Projeto da pista feita com o auxílio dos skatistas. Foto: Divulgação
Projeto da pista feita com o auxílio dos skatistas. Foto: Divulgação

11756489_845577232197425_1532634900_n

“Não procede a informação de retirada ou de substituição. O Projeto Executivo do Complexo Esportivo mantém o espaço para pista de skate. No entanto, a realização não será possível neste primeiro momento, por limite de aditivo. O fato não impede sua realização em outro momento. O projeto do Centro de Artes e Esportes Unificado, já em construção no bairro Santa Mônica, contempla uma pista oficial de skate, com toda a infraestrutura e segurança que o esporte exige. A previsão de entrega é para o início de 2016. Há ainda análise de viabilidade para implementação em outra localidade”, informou a nota.

Pista de skate em Santa Mônica

Esse seria o espaço em Santa Mônica. Ilustração: PMG
Esse seria o espaço em Santa Mônica. Ilustração: PMG

Segundo Gaspar, o projeto da pista em Santa Mônica não está correto (Confira aqui os detalhes da obra). “Ele não foi feito de acordo com a área e necessidades do local. O projeto é o mesmo de uma Prefeitura de São Paulo (Compare), onde morei por um tempo. Há muitos anos lutamos por um espaço aonde possamos praticar o esporte sem prejudicar ninguém e nem destruir nada na cidade. Já fomos pressionados para não usar praças ou calcadas. Porém, a cada dia tem mais gente praticando o esporte e não tem espaço”, finalizou.

Deixe seu comentário