A aquisição de uma ambulância para o município de Guarapari colocou frente a frente o deputado estadual Carlos Von (Avante) e a prefeitura do município. Através de sua assessoria e pelas redes sociais, o deputado divulgou que conseguiu uma ambulância com UTI Móvel completa para ser utilizada na Cidade Saúde.

Deputado divulgou que conseguiu uma ambulância com UTI Móvel completa para a Cidade Saúde.

Ofício. Em um post compartilhado pelos aplicativos de celular e pelas redes sociais, a assessoria do deputado disse que a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, recusou a ambulância com UTI móvel através de oficio.

Amanhã.Questionados de onde vem a ambulância, se do governo estadual, ou do governo federal, a assessoria do deputado não explicou e disse que ele vai se pronunciar somente amanhã (30) na assembleia.

A assessoria nos enviou nota dizendo: “…mais uma vez a Prefeitura de Guarapari utiliza a MENTIRA como método para tentar limpar a sua imagem com a população! A recusa de uma UTI MÓVEL aconteceu SIM e amanhã, a partir das 09h, no Plenário da Assembleia, eu irei apresentar todos os documentos que comprovam a recusa do Prefeito em receber um recurso na ordem de R$ 170.000,00”.., disse parte da nota.

Não recusou. A prefeitura de Guarapari usou as redes sociais e rebateu as afirmações do deputado e disse que não recusou a ambulância. Ao Portal 27 a secretária Alessandra Gaigher disse que “O que nós demos como resposta ao deputado foi um parecer técnico com base nas Portarias do Ministério da Saúde e no serviço já prestado pelo Samu no município. Em momento nenhum houve recusa da UTI móvel. Explicamos o que precisaríamos ter para a obtenção deste veículo. Chegamos inclusive a cadastrar a proposta no Siga”, explicou a secretária.

Prefeitura de Guarapari usou as redes sociais e rebateu as afirmações do deputado e disse que não recusou a ambulância.

Diálogo. Ainda de acordo com ela. “Ainda deixo claro que estamos abertos para o diálogo com os interessados em direcionar verbas ao município a conhecer a nossa realidade e juntos concluirmos o investimento mais adequado a população”, disse a secretária de Saúde, Alessandra Gaigher.

Deixe seu comentário