Cinco homens invadiram uma casa em Baqueta, Iguape, ontem (02). Os bandidos buscavam dinheiro do pagamento dos funcionários da fazendo onde João Paulo Batista era tesoureiro. A família dele foi feita refém. Como os meliantes não encontraram o que procuravam, acabaram levando um aparelho de som, celulares e o carro dele.

João Paulo conseguiu se saltar e foi atrás dos bandidos de moto, perseguindo o carro, pois os meliantes haviam levado um refém na fuga. Quando perceberam que estavam sendo seguidos eles bateram na moto, derrubaram a vítima e atiraram. O vizinho que percebeu a movimentação suspeita na casa e chamou a polícia.

Segundo o delegado de plantão do Departamento de Polícia Judiciário, Claúdio Rodrigues Araújo, foram presos, Marcos da Silva dos Santos e Joselito Souza Gomes. Eles estavam com o refém em um carro diferente e não participaram da morte de João Paulo, de acordo com o delegado. Por isso, não responderão por latrocínio.

Ambos serão indiciados por roubo com aumento de pena por uso de arma de fogo, restrição da liberdade de duas ou mais pessoas, por levar refém e também por formação de quadrilha. Os três fugitivos ainda não foram encontrados e a polícia não informou os nomes. Quando forem detidos, eles responderam por latrocínio, combinado com formação de quadrilha.

Deixe seu comentário