Na tarde de hoje uma das rampas de acesso à praia de Meaípe não suportou a força das ondas e cedeu. A tragédia já era anunciada, em função da ressaca do mar no último mês. Com a queda da rampa, todo o muro parece estar comprometido. Confira o vídeo cedido pelo leitor Luciano Bourguignon.

O muro de arrimo foi construído em 2018 e custou cerca de 126 mil reais. Em entrevista à imprensa na semana passada, o secretário de obras de Guarapari Ygor Cred-Dios já falava da preocupação com o muro. “Nós fizemos uma engenharia de contenção, ela resiste a uma força vindo em uma direção igual. Então a força do muro vai aguentar essa pancada da maré de frente. Só que quando se trata ta natureza, a gente tem algumas surpresas, como a água está batendo e voltando em um tempo curto, uma onda contra a outra, está gerando uma espiral no fundo do mar, isso está puxando muita areia e deixando a fundação do muro descoberta”, afirmou.

O secretário mostrou preocupação com a obra, pois o muro quebrou justamente em agosto do ano passado, quando o mar apresentava ressacas mais intensas. No último dia 12 foi feita nova ordem de serviço de 500 mil reais para reconstrução de outra parte do muro que cedeu em maio desse ano.

Rampa de acesso à praia de Meaípe cai com ressaca do mar

Em nota à imprensa, a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal informou que a Defesa Civil está monitorando o local e as obras para proteger a fundação do muro começam amanhã.

“Com recursos próprios, a Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Obras (Semop), vai começar nesta quinta-feira (01), a obra de enrocamento de pedras, com o objetivo de proteger a fundação do muro já construído em Meaípe.

Serão cinco metros de largura, dois metros de altura e 120 metros de extensão. Uma obra com previsão de término em duas semanas e um investimento de aproximadamente 150 mil reais”.

Deixe seu comentário