A tentativa frustrada de assaltar uma casa lotérica no bairro Muquiçaba em Guarapari, terminou muito mal para José Ferreira Dos Santos, de 36 anos. Ele planejava invadir o comércio e roubar todo o dinheiro do caixa. O plano falhou e no meio de toda a confusão, ele trocou tiros com a Polícia Militar e acabou baleado.

José fugiu da abordagem dos militares e atirou contra eles
José fugiu da abordagem dos militares e atirou contra eles. Os policiais reagiram

Tudo aconteceu por volta das 14h30 de hoje (10), em meio ao trânsito e diversas pessoas na rua. José, que é morador do bairro Adalberto Simão Nader, estava sentando em uma padaria, de frente para a lotérica, onde  chegou a beber uma latinha de cerveja, acompanhado segundo moradores, de um menor de idade. Após denúncias anônimas, a Polícia chegou até o homem e o abordou. Ele se negou a levantar para ser revistado. Em questão de segundos, ele o menor fugiram em direção a lotérica, sacando a arma e atirando em direção aos PMs.

“Ele estava aqui, permaneceu durante uns 20 minutos, entrou, pegou uma cerveja e sentou ali fora, junto com o menor. A polícia chegou e ele se negou a ficar em pé para ser abordado, o menor saiu, e ele também correu e começou a atirar contra a polícia no meio da rua. Foram uns 10 tiros”. Disse uma testemunha, de 24 anos.

“Eu tenho todo o direito de roubar, assim como a polícia tem o direito de me levar para o hospital”

20140710_152624

O homem entrou na lotérica, buscando abrigo depois dos tiros. Quando ele saiu do comércio, os policiais foram atrás, esperaram o momento certo, evitando as pessoas na rua e atiraram contra o rapaz. Ele caiu e foi algemado, aguardando a espera do resgate. A vítima ainda pilotava uma moto que era roubada e de placa adulterada. No chão, o baleado questionado sobre a tentativa de assalto, disse “Eu tenho todo o direito de roubar, assim como a polícia tem o direito de me levar para o hospital”. Ele foi socorrido e não corre risco de morte.

O outro menor está desaparecido. Quem tiver alguma informação, pode ligar para o número 181. O caso será investigado pela Delegacia Patrimonial do município.

IMG-20140710-WA0022-horz
Diversos objetos foram encontrados com o menor

Atualização 17H15

O menor envolvido na tentativa foi detido ainda na tarde de hoje, em casa, no bairro Adalberto Simão Nader, no local já conhecido pela Polícia, chamado de “Rabo da Gata”. Ele foi identificado como L. F. P. F, de 17 anos. Junto com ele foram apreendidos vários objetos, frutos de um roubo cometido na última segunda-feira (7), em uma joalheria da cidade.

Veja um vídeo com imagens do assaltante enviado pelos leitores

Deixe seu comentário

Comments are closed.