Os moradores da Prainha de Muquiçaba, em Guarapari, amanheceram neste sábado (15) abalados com a depredação de um bem público existente há 50 anos na pracinha do local. Segundo informações de comerciantes da região, um grupo de amigos chegou ao local e quebrou com uma pedra, a cabeça da estátua de São Pedro, na madrugada de sexta, no balneário.

estatutua-de-sao-pedro-vrangel
Segundo moradores, um grupo de amigos chegou ao local e quebrou com uma pedra, a cabeça da estátua de São Pedro. Foto: Vinicius Rangel.

No local, ficaram apenas as marcas da depredação e a pedra, supostamente utilizada para cometer o crime. A comunidade de São Pedro, que é cercada por inúmeros pescadores do município e fica ao lado da principal praia do balneário, a do Morro, está de luto, em decorrência da situação. O pescador Antônio José Faria, 50, tem a mesma idade que o bem público e está triste com a situação.

estatua-sao-pedro-3_vrangel
Prefeitura afirmou que uma equipe vai ao local para fazer uma avaliação da reforma da estátua.Foto: Vinicius Rangel.

“A gente acordou hoje e a primeira notícia que nos foi dada, era de que destruíram a imagem de São Pedro. Estamos todos abismados com tamanha violência dessas pessoas que fizeram isso. Os comerciantes disseram que tinha um carro vermelho com três jovens que estavam fazendo baderna na pracinha e que poderia ter sido um deles que pratico o ato”, contou Antônio.

Ele disse ainda que esta não é a primeira vez que o fato acontece. “É preciso respeitar a religião das pessoas e também algo que é um patrimônio público. Eu estou triste, pois essa é a segunda vez que fazem isso, mas nunca levaram a cabeça como hoje. É vandalismo, é crime e a pessoa merece ser punida. Estamos juntos aos moradores tentando ver se conseguimos restaurar a peça, mas o sentimento é horrível. Lamentável”, desabafou Antônio.

O Código Penal Brasileiro define o crime de dano no caput do art. 163: “destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, prevendo pena de detenção, de um a seis meses, ou multa”. A Prefeitura de Guarapari informou que repudia qualquer tipo de dano ao patrimônio público e cultural do município.

Disseram ainda que amanhã, uma equipe da Prefeitura vai ao local para fazer uma avaliação da reforma da estátua. “Temos ainda a previsão para este ano ainda, da reforma da praça do local” finalizou em nota o secretário de comunicação, Marcelo Paranhos.

Deixe seu comentário

Comments are closed.