O governador Renato Casagrande autorizou nesta quinta-feira (27) o início de duas obras na Região Metropolitana da Grande Vitória, a primeira na Praça do Cauê, na Capital, e a segunda, a construção da ponte sobre o Rio Marinho, em Vila Velha. Municípios de Colatina, Castelo, Itapemirim, Domingos Martins Guarapari, Jaguaré e Nova Venécia também serão contemplados com obras de integração e mobilidade urbana com o lançamento de editais para obras de implantação e reabilitação de rodovias. Juntas, essas ações do Governo somam um investimento de mais de R$ 170 milhões.

Estiveram presentes na cerimônia, realizada no Palácio Anchieta, secretários de Estado, entre eles o de Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno e a diretora geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) Tereza Casotti, prefeitos dos municípios beneficiados, além de deputados estaduais e federais, vereadores e lideranças regionais.

As obras serão realizadas por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop).

obrasmobilidadeurbanathiago (7)
Governador Renato Casagrande assina documento. Fotos: Thiago Guimarães/ SECOM

Em Guarapari, o DER vai reabilitar um importante trecho turístico do Estado. A Rodovia ES 060 receberá os serviços no trecho de 17,67 quilômetros de extensão localizados entre a sede da cidade e a sede do município de Anchieta.

Renato Casagrande salientou que o Governo do Estado se organizou para colocar em prática obras importantes para as cidades e atender ao pleito de moradores seja da Grande Vitória como do interior do Estado.

“O Governo trabalha para todos. O nosso objetivo é integrar municípios, ligar nosso Estado a estados vizinhos e levar o desenvolvimento para todas as partes. Por meio do Programa de Ampliação e Reabilitação da Rede Rodoviária (PAR) estamos requalificando vias, levando mais segurança para os motoristas. Já o Programa de Desenvolvimento Sustentável (Proedes) – Integração Logística quer estimular a sustentabilidade, a implantação de infraestrutura para atrair investidores, novos mercados e tornar o Estado competitivo gerando também oportunidades de emprego para os capixabas. Queremos fortalecer cada dia mais o Espírito Santo”, disse o governador.

obrasmobilidadeurbanathiago (3)
Prefeito de Guarapari Orly Gomes (DEM), esteve presente junto com outros prefeitos. Foto: Thiafo Guimarães/SECOM

Região Metropolitana

Na Grande Vitória, serão dadas ordens de serviço para início das obras em Vitória e Vila Velha. Ambas fazem parte do Programa de Mobilidade Metropolitana. Na Capital, a abertura da Praça do Cauê irá proporcionar fluidez ao trânsito, além de facilitar o acesso à praça do pedágio da Terceira Ponte. Outra intervenção dentro do PMM é a construção de ponte sobre o Rio Marinho, dentro das obras de implantação do Corredor Leste Oeste, que trará melhorias à de Vila Velha, beneficiando moradores dos bairros Soteco, Divino Espírito Santo, Cristóvão Colombo e Ilha dos Ayres.

Interior do ES

Para garantir a descentralização da economia, a segurança viária, reduzir a distância entre as cidades e oferecer mais qualidade de vida ao capixaba que mora no interior do Estado, o Governo anunciou também editais de obras.

Investimentos do Proedes Integração Logística chegarão até Castelo, onde a Rodovia ES 475 no trecho no entroncamento da ES 166 e a ES 164 receberá tratamento na pavimentação, serviços de drenagem, serão construídas pistas simples com duas faixas, faixas de segurança e construção de uma ponte sobre o Rio Prata.

Além de Castelo, o município de Itapemirim também receberá melhorias com a implantação do Contorno de Itaipava / Itaoca, localizado entre a ES 060 e a ES 487. O contorno vai permitir o acesso ao Porto Shouest.

Entre os editais lançados também estão obras integrantes do Programa de Ampliação e Reabilitação da Rede Rodoviária Estadual (PAR). Estas obras irão beneficiar os municípios de Nova Venécia, Domingos Martins, Jaguaré, Guarapari, Anchieta e Colatina.

Em Nova Venécia, o DER construirá uma nova rodovia. É a ES 137, que liga a sede do município ao distrito de Patrimônio da Penha. A obra vai contemplar a pavimentação de 11,34 quilômetros.

No município de Domingos Martins o DER vai concluir as obras de construção da galeria de águas pluviais, localizada na Rodovia ES 465. A galeria vai permitir aumento da capacidade de drenagem da via, além disso, o canal, que hoje se encontra a céu aberto, será coberto, permitindo uma nova característica para o entorno.

Na Região Nordeste, o município de Jaguaré será contemplado com a reabilitação da ES 430, no trecho de 10,32 quilômetros de extensão que liga a sede do município ao distrito de Água Limpa. A reabilitação inclui a implantação de abrigos de ônibus, terceira faixa e a construção de uma ponte sobre o Rio Caximbal, com 40 metros de extensão.

Por fim, Colatina também receberá obras de reabilitação. Serão realizados serviços de drenagem, terraplenagem e pavimentação na ES 357, que liga os distritos de Boapaba e Baunilha.

036
Rodovia entre Guarapari e Anchieta vai receber melhorias.

Programa de Desenvolvimento Sustentável (Proedes) – Integração Logística

Levar o desenvolvimento para todas as regiões e ser capaz de superar os desafios da economia nacional. Com este foco o Programa de Desenvolvimento Sustentável (Proedes) – Integração Logística tem em sua agenda de trabalho, ações que vão resultar no maior investimento já realizado na área de logística. Estão previstas novas rodovias, instalação de aeroportos regionais, ferrovias e portos que vão ligar os capixabas ao resto do mundo. O investimento é da ordem de mais de R$ 3 bilhões.

Dentro do Integração Logística está previsto um conjunto de projetos para unir os modais de transporte, dentre eles o rodoviário, aeroportuário, ferroviário e portuário criando uma ligação do Espírito Santo com o Brasil e o mundo, tornando o Estado competitivo, eficiente e rentável. A estimativa é que tudo isso se torne realidade até 2020.

Programa de Mobilidade Metropolitana (PMM)

O Programa de Mobilidade Metropolitana (PMM) do Governo do Estado é um investimento da ordem de R$ 3 bilhões. Ao todo, o programa prevê 51 ações, entre elas a pavimentação de 179 km de vias, reformas de terminais do Transcol, implantação de melhorias na frota de ônibus atual e na comunicação com o usuário do sistema público de transporte coletivo. Estão previstas obras viárias, projetos e outras ações com entregas ainda este ano, até 2014, 2016 e após 2016.

Dentro do PMN, todos os municípios da Grande Vitória serão beneficiados. Cariacica é a cidade que possui a maior parte desses projetos, incluindo melhorias no Terminal de Campo Grande e reforma e ampliação do Terminal Itacibá. Junto com Viana, o município conta com quatro grandes obras. São elas: o Eixo Viana Norte, Corredor Sudeste, Corredor Leste Oeste e o Corredor José Sette, além do projeto de engenharia da 4ª ponte.

Vila Velha será beneficiada com obras como o Corredor Leste Oeste, Corredor Bigossi, Saída Sul, Avenida Perimetral, além da Alça da Terceira Ponte e o Terminal de Vila Velha em fase de ampliação e modernização.

Já em Vitória e no município da Serra, as avenidas Fernando Ferrari e João Palácios receberam alterações em suas estruturas, garantindo benefícios para a mobilidade da Grande Vitória. A implantação do sistema de transporte hidroviário também está prevista no programa.

Programa de Ampliação e Reabilitação da Rede Rodoviária

O Programa de Ampliação e Reabilitação da Rede Rodoviária (PAR) foi lançado em maio de 2012 e é composto por 23 obras que, entre implantação, pavimentação e reabilitação de rodovias, resultam em um investimento de R$ 648.828.782,92 em 426,26 quilômetros.

São mais de R$ 660 milhões em investimentos em novas obras e novos projetos para aproximadamente mil quilômetros de novas vias.

Deixe seu comentário