O governo do Estado, Ministério Público e o Tribunal de Justiça, divulgaram nota oficial, onde afirmam que vão agir com rigor contra os vândalos. Confira.

Nota Oficial

Diante dos atos de violência e vandalismo registrados na última manifestação em Vitória, que incluíram depredações em órgãos públicos e saques a dezenas de estabelecimentos comerciais e residenciais, o Governo do Estado, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público do Espírito Santo tomaram a decisão conjunta de agir com o máximo rigor na identificação, detenção e punição dos criminosos e vândalos infiltrados no movimento.

Os chefes do Executivo, do Judiciário e do Ministério Público reafirmam seu reconhecimento ao caráter democrático das manifestações e continuarão fazendo o possível para garantir a segurança dos cidadãos e cidadãs de bem que participam pacificamente dos atos públicos, mas não permitirão que indivíduos e grupos criminosos continuem utilizando as pessoas de boa fé como escudo e proteção para transformar um movimento legítimo em autêntica guerra urbana, cujos imensos prejuízos serão pagos pelo conjunto da sociedade.

images (30)
Ação na identificação, detenção e punição dos criminosos e vândalos infiltrados no movimento. Foto: Folha Vitória.

Para conter de forma rigorosa a extrema violência que tomou conta das ruas, o Governo do Estado, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público do Espírito Santo fazem ainda um apelo aos jovens, aos trabalhadores e a todas as famílias capixabas para que se afastem dos vândalos e criminosos que buscam o confronto com as forças policiais, assaltam os próprios manifestantes e aproveitam o tumulto para depredar e saquear os bens públicos e as propriedades particulares.

images (29)

Governo do Estado do Espírito Santo

Tribunal de Justiça do Espírito Santo

Ministério Público do Espírito Santo

Deixe seu comentário