A comunidade de Amarelos, zona rural de Guarapari, ES, que fica as margens da BR 101, próximo a cabine de pedágio, está há 16 dias sem telefone e internet, devido a problemas com a operadora Vivo.
 
Os moradores da comunidade contam que já entraram em contato com a Operadora Vivo por diversas vezes, mas a empresa não resolve o problema. Moradora e dona de um supermercado na região, Maísa Perim, relata que a operadora a informou no primeiro momento que o problema se tratava de linha cruzada, e que eles estariam tomando providências, mas nada foi solucionado. 
 

Comunidade já calcula prejuízos sem sinal de telefone desde o dia 03 de outubro.Em outro momento, outros moradores que entraram em contato com a operadora, disseram que a Vivo informou que uma peça da antena foi roubada, e por isso o problema do sinal.

Os moradores estão desesperados, já que a Vivo era a operadora que melhor atendia a comunidade. “Estamos desesperados com o problema. A região de Amarelos e todas as comunidade do entorno está sem o sinal da Vivo. Já reclamamos por diversas vezes, mas ninguém nos traz solução. Não temos onde reclamar mais. Precisamos percorrer mais de três quilômetros para conseguir contato via telefone”, declara Regina Perim, moradora e comerciante. 
 
O comércio já calcula prejuízos, pois além de não passar cartão de crédito, os fornecedores também não conseguem contato. “Estamos ligando para a Vivo e a Anatel quase todos os dias, mas ninguém nos dá uma solução. Trocamos os chips da máquina de crédito para outra operadora, mas eu tenho até plano empresa com 15 de telefones em função do comércio. E como vai ficar nossas contas? Nossos prejuízos? São muitas vendas por telefone e estamos perdendo. Para entrar em contato com os fornecedores, temos que nos deslocar para outros lugares para conseguir”, desabada Maísa. 
 
Resposta. A operadora vivo informou que os clientes da comunidade de Amarelos, zona rural da cidade de Guarapari (ES), podem encontrar dificuldades ao tentar utilizar os serviços de voz e dados móveis, por conta de uma instabilidade de energia comercial que atende a região.
 
A operadora ressaltou que já acionou a concessionária de energia responsável, desde o dia 8 de outubro, e aguarda providências, já que o medidor de energia foi furtado. A Vivo esclarece que os clientes podem reportar instabilidades de sinal por meio do número *8486.