Depois de sofrer duas ações de vandalismo a Pomba da Paz, monumento localizado na Praça da Paz na Praia do Morro, voltou finalmente para o seu lugar no último dia 27. O autor da destruição foi identificado como sendo um menor de idade. Segundo a prefeitura, a família já foi acionada e vai pagar pelos prejuízos ao município.

O autor da destruição foi identificado como sendo um menor de idade.

A pomba e a letra “Z” foram instaladas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop). “A pomba existe a 10 anos e em tão pouco tempo foi destruída por pessoas que não se importam com o patrimônio público”. Disse o artista plástico Giuliano Filippi, criador do monumento paz e de outras obras espalhadas pela cidade como o São Pedro da Prainha, os golfinhos, o marlim, a onça e o pescador, esses dois últimos, localizados no Morro da Pescaria.

O boletim de ocorrência foi feito e as câmeras de videomonitoramento captaram o suspeito se evadindo do local. “O município, assim como a população, não concorda que atos como esse fiquem impunes e agora aguardamos ações do poder judiciário”, afirmou o Supervisor de Projetos da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo (SECTUR), Anderson Arpini.

Aulão. De acordo com a Associação de Moradores da Praia do Morro (AMPM), está programado para hoje na Praça da Paz, a partir das 17h, um aulão de Zumba em comemoração  ao feriadão do trabalhador. O aulão será coordenado pelo professor educação física, Felipe, mais conhecido como Nego Bom, com apoio da SECTUR e da AMPM.

Deixe seu comentário