Por Rosimara Marinho

Um grupo de pescadores encontrou um bebê recém nascido, ainda com cordão umbilical, enterrado na areia da Praia dos Adventistas em Guarapari. Um segurança que trabalha em um condomínio perto da praia viu um casal, enterrar uma caixa de sapatos na areia e chamou os pescadores para verificar o que era e encontraram a criança.

O caso aconteceu por volta das 21h30 de sexta-feira (19), na praia dos Adventistas em Guarapari. De acordo com a ocorrência da Polícia Militar, um segurança, avistou um casal chegar numa moto vermelha perto da praia, em seguida eles foram até a areia e enterraram uma caixa de sapatos. O segurança avisou o fato aos pescadores da região, que desenterraram a caixa e encontraram o bebê morto.

Bebê era recém nascido e ainda estava  com cordão umbilical.
Bebê era recém nascido e ainda estava com cordão umbilical.

O engenheiro civil Magno Costa Potiguara, que mora perto da praia, ficou sabendo do fato e foi até o local, na esperança de encontrar a criança com vida. Segundo Magno, o bebê aparentava ter nascido recentemente e era uma menina.

“Eu tentei ressuscitar a criança, mas infelizmente ela já estava morta. Pela cor do sangue que ainda estava na placenta que foi deixada, parecia que o parto havia acontecido há no máximo duas horas,” contou Magno.

O corpo do bebê foi resgatado pelo rabecão e encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) em Vitória. O caso será encaminhado para a Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Guarapari na segunda-feira. Na região os moradores ficaram chocados com o caso.

“No mundo de hoje ainda constatar que pessoas são capazes de fazer um absurdo desses é lamentável”, concluiu Magno.

Deixe seu comentário