O orçamento 2019 aprovado pelos vereadores com diversas modificações (emendas) e com uma suplementação (movimentação financeira) de 5 % na última quarta-feira foi vetado pelo prefeito. 

Na tarde de hoje, em sessão extraordinária, os vereadores discutem a derrubada do veto, encontrando leis diferentes para a votação. 

Público presente pede a derrubada do veto. Foto: João Thomazelli.

A maioria dos vereadores estuda a derrubada do veto. Ao contrário do que era discutido, o Regimento Interno da Câmara diz que para derrubar um veto do prefeito seria necessário dois terços dos vereadores, o que significa na legislatura atual, 12 vereadores. 

No entanto, a Lei Orgânica Municipal diz apenas que, para derrubar um veto do prefeito seria necessário o voto da maioria absoluta. Com isso, 11 votos a favor da derrubada do veto, pode decidir o novo orçamento de 2019 com emendas e 5% de suplementação para o prefeito. 

A sessão está suspensa neste momento e o Portal 27 continua acompanhando no local. Mais informações serão publicas até o final do dia. 

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.