Guarapari, além de ser conhecida como Cidade Saúde (?), também é conhecida por “Guarapadisney” ou “GuaraParis” ou, ainda, “Pacatolândia”.

Acontece que, com suas histórias e acontecimentos incríveis, prefiro chamá-la de “Guará-pra-rir” (até por que minha mãe sempre fala isso e eu gosto da minha mãe).

Me apresentando, sou Rogério Lima. Neto de uma das “lendas” da pescaria de Guarapari, o “Mestre” Cláudio Alves de Lima  (aqui é sempre bom referenciar seus antepassados, mesmo ninguém sabendo quem é); sou ex-integrante do grupo de pagode “Garotos do Samba” que, modéstia à parte, era o melhor grupo de pagode entre os anos de 1999 e 2003 (e não, não sou o Rogerinho do Cavaco) e; era o dono do site Seu Oscar, que ficou famoso por pegar emprestado o nome e a função de um dos maiores fotógrafos da cidade, mas em eventos e rocks. Hoje, sou um semi-humorista, dono de um dos blogs (se não o único) de humor com opinião do Espírito Santo, o Bobolhando.

Então, depois de você saber mais sobre quem sou e, a partir de hoje, teremos o “Guará-pra-rir” aqui no Portal 27. Um resumo comentado das notícias que mais chamaram a (minha) atenção na semana aqui do Portal. Então, vem comigo:

Dança da Galera

Os ensaios da dança da galera tá indo em popa. Tão em popa, que rolaram ensaios até debaixo de chuva. Eu até entendo o motivo de tanta dança ser uma causa nobre, caso a cidade ganhe, mas é tanto pinto para tampouco milho, que ó, sei não. Fizeram uma “reforma” na praça dos Golfinhos. Ficou tão bonita quanto as camisas que o Faustão usa. Quando terminar, vou chamar esses 2000 participantes para bater a laje de um pobre lá no lameirão para ver se vão, pelo menos, uns 2.

guara

Estação Moção-Inverno

Acabou o verão, continua o calor e, na Câmara Municipal, foi aberta a temporada de moções de várias espécies. A primeira a ficar “mocionada” foi a ONG Transparência Guarapari. Vamos ver até o final desse mandato, quantas moções teremos e quantos bons projetos aprovados teremos. Tomem nota aí.

Guarda, “cê viu”?

Não, não vi e ninguém vai ver. Primeiro, o Prefeito falou que não vai fazer, mesmo a Câmara querendo. Segundo, Guarda-civil para que, não é verdade? Todo mundo guarda a vida dos outros aqui em Guarapari mesmo. Maldita vizinha fofoqueira.

Mamãe não quer, papai não deixa

Edson Magalhães, o Bill Clinton Sul Capixaba, está querendo assumir um cargo, à pedido de Orly, em alguma Secretaria Municipal. Acontece que nem Mamãe e nem papai (chamem o casal de Ministério público) não querem que ele assuma o cargo. Afinal: seria Edsonzinho um menino pimpão, serelepe e mal criadinho à ponto de nem ouvir os pais? É o que todos nós queremos saber desde quando que ele saiu do cercadinho.

Enquanto isso, a saúde da Cidade (pegaram o trocadinho?) anda tão engraçada quanto um tiro de 12 no pé. Não, espera aí, tiro de 12, não. Não tem hospital pra operar isso. Pode ser uma martelada no dedão mesmo.

 

Todas os comentários desta coluna  foram feitos à partir de notícias publicadas no Portal 27 entre 18 e 22/03/2013.

Deixe seu comentário