O enterro de Lorrayne Santiago Vieira de 16 anos, encontrada mortal brutalmente no mar das Três Praias em Guarapari, foi marcado por muita dor, revolta e questionamentos sem respostas. Ela e o namorado estavam desaparecidos desde a noite do último Domingo (13). Fábio dos Santos Kill de 20 anos, também foi encontrado morto na areia da mesma praia, com a marca de um disparo de arma de fogo no maxilar esquerdo. Os corpos apareceram na segunda-feira (14). Relembre todo o caso.

Os pais da jovem muito abalados com todo o acontecimento, não quiseram dar nenhum entrevista.
Os pais da jovem muito abalados com todo o acontecimento, não quiseram dar nenhum entrevista.
"Ela é muito querida todos nós lá na sala, uma ótima aluna". Afirma uma amiga da vítima.
“Ela é muito querida todos nós lá na sala, uma ótima aluna”. Afirma uma amiga da vítima.

Era por volta das 13h30, quando o corpo de Lorrayne chegou ao cemitério Parque Paraíso para ser enterrado. Os pais da jovem muito abalados com todo o acontecimento, não quiseram dar nenhuma entrevista. A mãe da adolescente morta, passou mal e teve que ser retirada do local.

Nossa reportagem conversou com duas amigas da Lorrayne que afirmaram que ela era uma menina querida por todos. “Eu estudava com ela, somos do 3° ano, lá na sala todo mundo gostava dela. Ela é muito querida por todos nós lá na sala, uma ótima aluna. Agora todos nós vamos sentir falta dela, é difícil entender porque isso aconteceu. Ela estava feliz nesse namoro. Ela sonhava em fazer nutrição”. Desabafa Stéfane Talia.

Muitos outros amigos e vizinhos foram prestar a última homenagem à Lorrayne. Uma oração foi feita no local. As palavras não saiam, mas os olhos derramavam lágrimas que simbolizavam a justiça que eles tanto pedem para a polícia e Deus. A tia da menina de 16 anos, Eliete Francisca Vieira, disse que vai esperar 7 dias. Se até a próxima semana, nada se resolver, eles irão protestar nas ruas do município.

20140415_133322
Se as investigações demorarem os parentes prometem protestar nas ruas do município.

“Eu estou aguardando da polícia uma resposta sobre o caso da minha sobrinha, se passarem 7 dias e nada for feito, nós vamos cobrar na rua, vamos fazer uma manifestação, porque isso não pode ficar impune, isso não pode passar em branco, não pode ficar na gaveta”. Afirma a cabeleireira de 50 anos.

O corpo de Fábio dos Santos Kill, de 20 anos, foi enterrado em um cemitério da região rural de Guarapari. A nossa reportagem não teve acesso ao local.

 A Delegacia de Homicídios investiga o caso

Segundo o titular da homicídios de Guarapari, Alexandre Linconl, foi instaurado o inquérito policial e o caso está sendo investigado. Até o presente momento apenas o ex-namorado foi ouvido. Hoje a tarde, outros amigos serão intimados. O delegado trabalha com a hipótese de execução, pois nada foi levado do local do crime.

Segundo o Delegado, no máximo em 30 dias o caso será encerrado.
Segundo o Delegado, no máximo em 30 dias o caso será encerrado.

“Até o momento, quem veio até a delegacia foi o ex-namorado da Lorrayne. Ele veio com o advogado e disse que não tinha relação nenhuma com o crime. Afirmou que estava conversando com outras pessoas na hora do fato. Eu vou intimar essas pessoas que ele nos passou, para saber a real situação. No momento do depoimento dele, eu pude perceber que ele estava muito nervoso e confuso. São muitas informações de vários lugares e pessoas, nós vamos continuar investigando”.

Questionado sobre o que o ex-companheiro de Lorrayne disse em depoimento, Alexandre não disse muito para não houvesse interferências externas nas investigações.

“Bom, ele disse que namorou realmente 11 meses com a jovem e que eles se amavam muito. Eles terminaram e voltaram três vezes. Todas as vezes que houve o fim do relacionamento, foi ela quem procurou com motivos diferentes”. Ainda segundo o Delegado, no máximo em 30 dias o caso será encerrado.

Deixe seu comentário

Comments are closed.