Para ajudar o eleitor guarapariense nestas eleições municipais, o Portal 27 estará, ao longo desta e da próxima semana, resumindo as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari em 5 áreas, sendo elas: segurança, turismo, educação, esporte e saúde.

Como terceiro tema, foram abordadas as propostas relativas à área de educação. Veja abaixo a lista de candidatos (em ordem alfabética) e as propostas (de forma resumida):

Bárbara Hora – A candidata registrou 13 propostas para a área da educação: Debater com a categoria um novo plano de carreira e vencimentos para os trabalhadores; Democratizar a escola, com eleição direta para diretor, debatendo também a participação dos segmentos da comunidade no Conselho Municipal de Educação; Promover um estudo através do censo educacional, visando a reorganização das vagas escolares, buscando universalizar a alfabetização e elevar os níveis da população jovem e adulta; Estabelecer uma política de merenda escolar que valorize os produtos naturais e adquiridos junto aos produtores da agricultura familiar local; Ampliação do número de vagas na educação infantil em tempo integral, ampliando também o número de vagas no ensino fundamental; Criação da semana de interação e inovação educacional, para a troca de experiências entre escolas; Realizar cursos de qualificação profissional; Plano gestor da educação para o alcance do IDEB; Estimular o “cursinho Ifes” para os estudantes das escolas municipais; Elaborar e implementar as diretrizes curriculares municipais para a educação infantil e o ensino fundamental; Planejar ações municipais que possam assegurar as diretrizes previstas e a execução das propostas de intervenção; Fortalecer a autonomia da escola na gestão financeira e pedagógica; Constituir um Centro de Estudos Afro-Brasileiro e Indígena.

Carlos Von – O candidato registrou 8 propostas para a educação: Disponibilização de tablets para a rede pública; Ampliar e modernizar a estrutura de internet nas escolas; Aumento da frota de ônibus para atividades extraclasses; Antecipar e informatizar o processo seletivo para escolha das vagas de professores; Melhorias na acessibilidade em todas as escolas do município e contratação de professores qualificados para ensinar estudantes com deficiência; Oferta de qualificação complementar especializada através de palestras e similares; Motivação da comunidade escolar e valorização, com valorização salarial do magistério, bonificações por produtividade, premiação de projetos em destaque, homenagem a alunos, pais e servidores, além da criação de um setor de atendimento ao professor na SEMED; Ampliar o número de escolas que ofertem o EJA e implantação de escolas em tempo integral.

Cláudio Paiva – O candidato registrou 16 propostas para a área: Implantação da escola cívico militar; Implantação das matérias, educação moral e cívica, empreendedorismo, educação ambiental, educação emocional/psicológica, aula de música, educação alimentar para alunos, informática e programação; Ampliação à matricula de educação infantil; Aumentar gradativamente o número de escolas com permanência em horário estendido; Aumentar o número de vagas em creches; Aprimorar as políticas públicas de alfabetização; Estimular a leitura, reestruturando a biblioteca municipal; Fortalecer o fornecimento de alimentação escolar com qualidade, adquirindo produtos da agricultura familiar e da pesca; Melhorar e dar ênfase ao crescimento do grau de escolaridade; Valorizar e estruturar a política de educação do campo; Incentivo aos campeonatos esportivos e intelectuais na rede municipal; Intensificar junto aos Governos Federal e Estadual cursos para dar mais dignidade aos professores; Utilização do FUNDEB em todas as áreas da educação, com auditoria permanente; Fornecimento de todo o material escolar e uniforme no início do ano; Promover uma integração de ações conjuntas entre as secretarias e gestores, com o objetivo de promover o desenvolvimento da educação; Desenvolver e aprimorar os serviços de atendimento especializado e de educação inclusiva em parceria com instituições estruturadas e sem fins lucrativos.

Coronel Ferrari – O candidato apresentou 8 propostas: Priorizar o acesso à educação infantil em tempo integral; Implantar a escola cívico-militar; Promover adequações e melhorias nas escolas municipais, dotando elas também de recursos tecnológicos; Realizar reuniões periódicas com diretores, coordenadores e professores, com o objetivo de ouvir as demandas e similares sobre o ambiente escolar; Fomentar a capacitação profissional dos professores de forma contínua, visando o desenvolvimento de habilidades e competências, melhorando o ensino; Revisar os processos de nomeação dos professores que foram feitas pela administração anterior; Conceder transparência ao processo de designação de diretores e coordenadores; Promover a oferta de ensino técnico profissionalizante com foco em adolescentes e jovens.

Edson Magalhães – O candidato registrou 34 propostas para educação: Fomento à valorização profissional do magistério, contando com oferta de formação continuada para todos os profissionais da área; Fortalecimento dos Conselhos Escolares e dos Conselhos Municipais da Educação; Oferta de cursos profissionalizantes à Educação de Jovens e Adultos; Implementação de estratégias pedagógicas visando melhoria na nota do IDEB; Ampliação do Prêmio IDEB; Universalização do atendimento a alunos da educação infantil; Ampliação gradativa do atendimento em horário integral das escolas; Aquisição de equipamentos e instalação de infraestrutura de rede para conexão à internet; Aquisição de notebooks para os alunos e professores; Reforma e ampliação de escolas em Perocão e Coroado; Conclusão ou construção das creches e pré-escolas dos bairros Village do Sol, Elza Nader, Pontal de Santa Mônica, Portal, Perocão, Itapebussu, São José, Porto Grande, Fátima, Santa Rosa, Una, Independência; Construção de duas escolas de ensino fundamental; Viabilidade da área para construção da nova escola com quadra esportiva em Amarelos; Ampliação do espaço físico da SEMED; Construção do campo de futebol society no complexo esportivo; Viabilidade da área para construção de sede do Centro Tecnológico Educacional; Adequações e melhorias no espaço físico do Núcleo de Atendimento Educacional Especializado; Criação do festival de música para as escolas; Fomento ao protagonismo estudantil, com a rádio escola, eleição de líderes e criação do grêmio estudantil; Implantação da orquestra sinfônica com alunos da rede municipal; Premiação aos alunos destaques nas escolas; Implantação do Prêmio “Guará Educação” para as escolas que desenvolverem os melhores projetos educativos.

Fernanda Mazzelli – A candidata registrou 13 propostas: Eleição para o corpo docente; Professores com salário acima do piso salarial; Priorizar investimento na rede de ensino infantil e fundamental; Ampliar a oferta de cursos de capacitação profissional; Investir na infraestrutura das instituições; Melhorar a qualidade do transporte escolar, garantindo o transporte digno e eficiente; Implantação da Biblioteca Digital Municipal; Enfrentar os fatores de evasão escolar; Incluir disciplinas de turismo e empreendedorismo na rede municipal; Implantar as gincanas do conhecimento; Extensão de carga horária aos profissionais de educação; Fortalecer os Conselhos Escolares; Garantir a merenda escolar de qualidade, priorizando o que for produzido no município.

Fredson Fagundes – O candidato registrou 4 propostas: Garantir a todos os alunos o acesso à escola, com educação de qualidade e em tempo integral; Universalizar o atendimento às crianças de 4 e 5 anos; Elevar o padrão de qualidade educacional, investindo em reformas, ampliações e construções de novas salas de aulas; Valorização dos profissionais da educação no que se refere ao piso salarial.

Gedson Merízio – O candidato registrou 13 propostas para a educação: Construção de novos prédios para creches, abrindo vagas e contratando professores; Desenvolver políticas públicas para implantar creches em tempo integral; Adquirir vestiários, implantar o programa de formação e atividades significativas, implantar políticas voltadas para o aluno; Melhorar o transporte público escolar, implantando também o programa de passe livre para alunos; Construir mais escolas, contratar profissionais e ampliar o projeto mais educação para a zona norte da cidade, construindo também uma parceria entre família e escola; Destinar verbas para atividades escolares; Valorizar professores com maiores salários e formação continuada, instituir uma política de bônus de desempenho e mérito para os professores; Formação e eleição democrática para diretores e coordenadores, profissionalizar a gestão escolar e dar maior autonomia financeira para as escolas; Implantar creches noturnas e na época do verão; Criar creches na zona rural para crianças de 0 a 3 anos, implantando também escolas públicas na zona rural; Implantar políticas voltadas para a família, constituir e apoiar o fórum permanente formado por representantes das escolas e sociedade, permissão para utilizar os espaços escolares pela comunidade no fim de semana e feriado, implantar programas como Escola Aberta; Criar editais e com recursos próprios para o financiamento dos projetos nas escolas; Propor leis de incentivo aos coletivos juvenis, criar políticas de valorização aos grêmios e resgatar incentivos de cidadania, como o projeto “vereador por um dia”.

Maria Helena – A candidata registrou 19 propostas para a área: Cidadania e protagonismo, incluindo no currículo o civismo, consciência política, ambiental, turística e letramento funcional; Contemplar habilidades socioemocionais e projetos colaborativos entre comunidades; Oferecer nos anos finais do ensino fundamental, 3 disciplinas optativas para os jovens; Criar o programa jovens talentos, valorizando talentos em robótica, ciência e liderança juvenil; Revitalizar os espaços tecnológicos das escolas com equipamentos profissionais capacitados; Criar o EJA integrada a formação profissional com certificações modulares semestrais; Implantar o bilinguismo em escola piloto; Criar o sistema municipal de avaliação ao final de cada ciclo, uma em julho e outra em novembro; Atender as necessidades da escola do campo; Construir escola agrícola; Zerar o analfabetismo nas séries iniciais; Implantar programa de formação continuado municipal; Implantar programa de pós-graduação em parceria com universidades; Reinventar a casa do professor; Valorizar e apoiar o professor do campo; Ofertar maio número de vagas em creches; Remodelar a gestão educacional do município; Implantar placas de captação de energia solar nas escolas; Implantar equipes multidisciplinar.

Oziel de Sousa – O candidato registrou 5 propostas para a educação: Ampliar gradativamente e de forma sustentada os investimentos em educação; Melhorar progressivamente a remuneração do profissional da educação; Processo seletivo para coordenador de escola; Implantar modelo de gestão baseado em competências e voltado para a melhoria dos resultados de aprendizagem; Implantar a escola cívico militar, tomando como exemplo a escola militar da cidade de Itabuna.

As propostas abordadas nesta notícia foram registradas e divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral, através do “Plano de Governo” de cada candidato.

Por João Pedro Barbosa