Até 2020 a zona urbana de Guarapari estará 100% atendida com serviços de coleta e tratamento de esgoto. A informação é dos gestores do sistema de esgoto da cidade e da regional litorânea. De acordo com eles, a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) está trabalhando para que as redes de esgoto e as Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) sejam concluídas em alguns bairros da cidade ainda este ano, e nos planejamentos, em menos de 5 anos toda a cidade será atendida.

Ete
Estação de Tratamento de esgoto em Olaria está ficando pronta para entrar em operação no mês de Julho. Foto: João Thomazelli

Na região do Centro, a rede de esgoto já foi praticamente toda implantada e a previsão é que a ETE construída no Olaria comece a funcionar em Julho deste ano. “As redes de esgoto que estão sendo concluídas é a do Centro da cidade, onde a rede já foi praticamente toda implantada, e a Estação de Tratamento de esgoto em Olaria está ficando pronta para entrar em operação no mês de Julho”, garante o gestor da regional litorânea, Alberto Coelho Sarmento Filho.

O sistema em questão, atenderá de 40 a 50 mil pessoas, nos bairros localizados próximo ao Centro, sendo eles o Olaria, Kubitschek, Santa Margarida, Coroado, Parque Areia Preta, entre outros já definidos.

Estação de tratamento de esgoto
Estação de tratamento de esgoto no Aeroporto. Foto: Roberta Bourguignon.

Paralelo a esta obra, o gestor esclarece ainda, que está sendo executado também o sistema de Meaípe, que tem previsão para término no final de 2016. “Está sendo construída a rede que já foi licitada e dada a ordem de serviço para iniciar as obras para construir uma ETE na região de Condados, às margens da Rodovia do Sol. A obra deve terminar no final de 2016”, explica.

Na Região Sul, o sistema atenderá aproximadamente 30 mil pessoas, que consiste em todo balneário de Nova Guarapari, Enseada Azul, Meaípe e Condados. Apenas a região em torno da boate Lua Azul, não foi contemplado nesta edição. “A obra será dividida em três etapas. Os recursos financeiros já aplicados, foram o suficiente para realizar a primeira etapa”, conta Alberto.

O projeto para atender a Grande Santa Mônica, que envolve os bairros de Setiba, Elza Nader e parte de Perocão, já está sendo finalizado. E estudos serão feitos para abranger ainda os bairros São Gabriel, Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição.

Atualmente, apenas 47% da população de Guarapari é atendida com coleta e tratamento de esgoto. Com as obras em andamento e em fase final, principalmente para atender a Região Central da cidade, esse índice chegará à 70% de atendimento. Em 2016, deve aumentar para 80% de residências atendidas. E a expectativa é atender 100% da área urbana até 2020.

Deixe seu comentário