Na terça feira (06), a Central de Videomonitoramento de Guarapari recebeu representantes de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Anchieta para mais um treinamento da ferramenta de integração de suas centrais. O objetivo é unir esses municípios na tentativa de diminuir a criminalidade e dar mais fluidez ao trânsito dessas cidades.

O objetivo é unir esses municípios na tentativa de diminuir a criminalidade e dar mais fluidez ao trânsito dessas cidades.

Guarapari, que atualmente conta com 80 câmeras de videomonitoramento, apresentou o sistema Gestão Livre de Parque de Informática (GLPI), que é um software inteiramente web que facilita o trabalho de gestão, criado pelo município de Guarapari e que será usado nas seis cidades. “É uma ferramenta de fácil acesso e que muito contribui para o funcionamento e a agilidade do videomonitoramento”, afirmou o analista de Tecnologia da Informação de Guarapari, Claudiney Alves.

A Central de Videomonitoramento de Guarapari recebeu representantes de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Anchieta .

A proposta é compartilhar o que é captado pelas mais 730 câmeras (somados os equipamentos das seis cidades), contribuindo para uma comunicação mais ágil e instantânea desta grande rede. 

Através do GLPI, todas as centrais poderão gerar relatórios de origem e do tipo de ocorrência registrada pela central. Isso proporciona maior controle do que acontece no município e auxilia no combate à criminalidade.  “Essa integração é vital para nossa segurança, o sistema vai possibilitar, por exemplo, acompanhar uma ocorrência que começa em uma cidade e que pode ter consequências para os municípios vizinhos, tudo isso em tempo real. Guarapari tem uma ferramenta muito positiva para todos nós”, afirmou Luciano Siqueira, Coordenador de videomonitoramento gerenciado pela Guarda Municipal de Vitória.

Comments are closed.