Em nota à imprensa, o HIFA informou que adotou diversas medidas com o intuito de evitar aglomerações e promover segurança aos pacientes. O hospital de Guarapari, que teve superlotação nos últimos dias, irá reforçar as recomendações do Ministério da Saúde.

O hospital de Guarapari, que teve superlotação nos últimos dias, irá reforçar as recomendações do Ministério da Saúde.

A direção do HIFA reitera que as pessoas devam evitar estar em locais de maior chance de contaminação. Entretanto, o hospital segue a acalmar a população: “Entendemos a preocupação diante à pandemia, mas ressaltamos que este momento não é para pânico, mas para consciência e responsabilidade.”

Mudanças previstas para a unidade de Guarapari. Não poderá visitar ou ser acompanhante aquele que for do grupo de risco ou que esteja com sintomas gripais. Na pediatria e na UTI, passa a ser permitido apenas um visitante ao dia, das 14h às 14h30. O acompanhante só pode ser pai, mãe ou responsável legal da criança, que poderá permanecer, no máximo, 30 minutos com o paciente. A visita está temporariamente suspensa à maternidade, sendo apenas possível que o acompanhante da paciente permaneça.