Momento em que os atletas foram socorridos pelo Samu.

No último domingo (12) o time de futebol americano Guarapari Barracudas sofreu um acidente quando seguia em um micro-ônibus  para Muniz Freire para disputar uma partida contra uma equipe de lá. Os atletas Rivani Mazoni, de 19 anos, Daniel Matos, de 19 anos, e Diogo de Lírio Vieira, de 16 anos, foram os únicos feridos, mas já passam bem.

Os três atletas feridos foram socorridos pelo Samu. Diogo cortou o braço direito e levou cinco pontos e o Rivani teve um caco de vidro retirado do olho direito. Ambos foram atendidos em um hospital em Domingos Martins e já tiveram alta. Já Daniel foi o caso mais grave, ele teve hemorragia interna e foi levado para o Hospital Santa Rita, em Vitória.

Diogo contou que o motorista do ônibus estava correndo muito no momento do acidente. “Eu tinha acabado de falar com o Daniel que o motorista estava correndo demais. Ele já tinha tentado ultrapassar em uma curva antes da gente sair de Guarapari, mas conseguiu fazer a ultrapassagem. A gente estava atrás do ônibus gritando para ele andar devagar, mas não adiantou não porque ele tentou de novo e como a carreta tinha três metros e oitenta de largura a carga bateu na janela onde eu estava e eu pulei, por isso, só o braço que cortou”.

Atleta afirma que após o acidente sua maior preocupação era com o amigo.

O jovem relatou ainda que sua maior preocupação era com o amigo. “Cortei o braço no momento do impacto e para não acontecer coisa pior pulei para cima de um companheiro do time que estava do meu lado aí só tive um corte no braço, mas estou bem. Eu estava mais preocupado com o Daniel, que estava atrás de mim. A gente já tem uma amizade já e fiquei bem preocupado com ele. Na hora estava com o braço cheio de sangue, mas queria que acudissem ele. Eu saí do ônibus andando e fiquei junto com o Arthur esperando o Daniel receber tratamento”.

Segundo Diogo, Daniel foi operado e passa bem. “Ele teve uma pequena hemorragia interna, mas passou por cirurgia e está em observação na CTI, mas está bem.

Apesar do susto, Diogo já faz planos de voltar a jogar. “Estou ansioso para jogar, não é isso que vai tirar minha animação não. Tem coisas que eu acho que acontecem para a gente ficar mais ligado. Sou um dos novatos, entrei no final do ano passado então estava muito feliz que iria estrear, eu, o Daniel e o Arthur. A gente fica ansioso para estrear e mesmo que não foi dessa vez a gente sempre vai estar lá”.

Diogo teve um corte no braço direito e levou cinco pontos.

O atleta vai tirar o curativo do braço daqui a duas semanas, só então vai poder voltar a treinar. Mas segundo o vice-presidente do time Gabriel Vieira, o jogo ainda não foi remarcado porque eles estão aguardando a recuperação do Daniel.

O Portal 27 entrou em contato com a empresa que fez o transporte do time para saber se o motorista estava em alta velocidade, mas até o fechamento dessa matéria as ligações não foram atendidas.

Deixe seu comentário