Uma mulher de 40 anos são resistiu e morreu após ser atropelada por um ônibus que seguia de Guarapari para Vila Velha com funcionários de uma mineradora. Sônia Aparecida Chagas estava atravessando a pista quando foi tingida pelo veículo.

O motorista contou à polícia que só viu o vulto e não imaginou que pudesse ser alguém atravessando a pista. O local é muito escuro e por isso outros carros que vinham atrás também passaram por cima do corpo e não notaram que se tratava de uma pessoa.

Um dos motoristas que parou no acidente reclamou. “Acidentes acontecem sempre nessa pista porque aqui é muito escuro e por mais que reclamemos, os responsáveis não tomam providências”.

O esposo da vítima esteve no local e disse que a esposa estava voltando do trabalho no momento do acidente. O corpo da mulher foi levada para o Departamento Médico Legal, em Vitória.

Deixe seu comentário

Comments are closed.